Viagem Literária: Votuporanga recebe escritor infanto-juvenil nesta segunda-feira (19/6)

Sem título

Bate-papo com o autor Ricardo Ramos Filho acontece às 14h, na Biblioteca Municipal “Castro Alves”

Nesta segunda-feira (19/6), às 14h, a Biblioteca Municipal “Castro Alves” recebe um bate-papo com o escritor infanto-juvenil Ricardo Ramos Filho. A atividade integra o programa “Viagem Literária”, realizado pela Secretaria de Estado da Cultura, em parceria com a Prefeitura de Votuporanga, por meio da Secretaria da Cultura e Turismo, e com execução da Associação Paulista de Bibliotecas e Leitura (SP Leituras) e do Sistema Estadual de Bibliotecas Públicas de São Paulo (SisEB).

O bate-papo tem como público-alvo crianças e adolescentes entre 11 e 14 anos e será baseado em experiências vivenciadas pelo autor e no conteúdo de algumas de suas obras, publicadas por editoras de renome, como Globo, Melhoramentos, Paulus e Positivo.

Sobre o autor

Ricardo Ramos Filho é escritor e roteirista e tem livros editados no Brasil e no exterior. Entre suas obras, se destacam títulos voltados para crianças e jovens, como: “Vovô é um cometa”; “O gato que cantava de galo”; “João Bolão”; “Sobre o telhado das árvores”; “O livro dentro da concha” e “Se eu não me chamasse Raimundo”.

Graduado em Matemática pela Pontifícia Católica de São Paulo (PUC-SP), Ramos Filho é mestre e doutorando em Letras pela Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas da Universidade de São Paulo (FFLCH-USP), pesquisador na área de literatura infantil e juvenil, e cronista do “Escritablog” e da revista “InComunidade”.

É vice-presidente da União Brasileira Escritores (UBE) em São Paulo, ministra cursos e oficinas, e atua como coach literário e produtor cultural em sua própria empresa, a Ricardo Ramos Filho Eventos Literários.

Atualmente, é jurado de importantes prêmios e editais literários, como Prêmio São Paulo de Literatura, Oceanos – Prêmio de Literatura em Língua Portuguesa, Prêmio Mato Grosso de Literatura e ProAC. Em 2015, foi curador do 1º Prêmio Nelly Novaes Coelho de Literatura Infantil, da UBE.

Sobre a Viagem Literária

O programa “Viagem Literária” foi lançado em 2008 e, desde o início, mesmo tendo assumido diferentes formatos, manteve seu objetivo de promover encontros de escritores, contadores de histórias e outros importantes artistas brasileiros com frequentadores das bibliotecas públicas de municípios paulistas.

Atualmente, o “Viagem Literária” é um dos mais consolidados programas da Secretaria da Cultura do Estado de São Paulo, sendo sempre muito bem recebido em todas as cidades.

Para comemorar seus 10 anos de existência, o “Viagem Literária” teve sua abrangência ampliada e se estenderá pelos meses de maio, junho, agosto e setembro de 2017, alcançando um total de 90 municípios.

Entre os anos de 2012 e 2016, o programa realizou 1140 eventos, com 167 escritores e contadores convidados, atendendo a um o público de mais de 129 mil pessoas.


SERVIÇO:

Viagem Literária | Bate-papo com o escritor infanto-juvenil Ricardo Ramos Filho

Data: Segunda-feira (19/6)

Horário: 14h

Local: Biblioteca Municipal “Castro Alves” (Av. Francisco Ramalho de Mendonça, 3112, Jardim Alvorada | Parque da Cultura)

Realização: Secretaria da Cultura do Estado de São Paulo, em parceria com a Prefeitura de Votuporanga, por meio da Secretaria Municipal da Cultura e Turismo, e execução da Associação Paulista de Bibliotecas e Leitura (SP Leituras) e do Sistema Estadual de Bibliotecas Públicas de São Paulo (SisEB)

Evento gratuito | Classificação Livre

“Viagem Literária” movimenta Biblioteca Municipal “Castro Alves”

DSCN5744

Contação de histórias comandada pela Cia. do Liquidificador reuniu centenas de alunos das redes municipal e estadual de ensino

A segunda-feira (22/5) foi movimentada na Biblioteca Municipal “Castro Alves”, sediada no Centro de Informações Culturais e Turísticas “Marão Abdo Alfagali”, no Parque da Cultura. A brinquedoteca do espaço foi ocupada por um público de mais de 320 pessoas, que assistiram a duas sessões da contação de histórias “Sarô?! Histórias para ninguém ficar doente”, comandadas por Henrique Athayde e Vitor Massao, da Cia. do Liquidificador.

A atividade faz parte do programa “Viagem Literária”, realizado pela Secretaria de Estado da Cultura, em parceria com a Prefeitura de Votuporanga, por meio da Secretaria da Cultura e Turismo, e com execução da Associação Paulista de Bibliotecas e Leitura (SP Leituras) e do Sistema Estadual de Bibliotecas Públicas de São Paulo (SisEB).

As apresentações realizadas em Votuporanga foram acompanhadas por centenas de alunos das redes municipal e estadual de ensino, que participaram das atividades em dois horários: pela manhã, às 8h30, e no período da tarde, a partir das 13h30.

Durante as sessões de contação, os artistas da Cia. do Liquidificador abordaram uma série de narrativas a respeito da cura. Foram apresentados ao público personagens como o cientista francês Louis Pasteur, responsável pela descoberta da existência dos germes e conhecido como o “curandeiro da ciência”, e o menino-índio Karu Taru, escolhido para ser o novo pajé de sua tribo.

As histórias, narradas de forma lúdica por Athayde e Massao, foram baseadas nos livros “Karu Taru – O Pequeno Pajé”, de Daniel Munduruku (Editora Edelbra) e “Os Cientistas e Seus Experimentos de Arromba”, de Mike Goldsmith (Editora Seguinte).

Sobre o programa 

O programa “Viagem Literária” foi lançado em 2008 e, desde o início, mesmo tendo assumido diferentes formatos, manteve seu objetivo de promover encontros de escritores, contadores de histórias e outros importantes artistas brasileiros com frequentadores das bibliotecas públicas de municípios paulistas.

Atualmente, o “Viagem Literária” é um dos mais consolidados programas da Secretaria da Cultura do Estado de São Paulo, sendo sempre muito bem recebido em todas as cidades.

Para comemorar seus 10 anos de existência, o “Viagem Literária” teve sua abrangência ampliada e se estenderá pelos meses de maio, junho, agosto e setembro de 2017, alcançando um total de 90 municípios.

Entre os anos de 2012 e 2016, o programa realizou 1140 eventos, com 167 escritores e contadores convidados, atendendo a um o público de mais de 129 mil pessoas.