Cultura: X Jornada Internacional de Mulheres Escritoras acontece nesta quinta-feira

Encontro de autoras acontece no Centro de Cultura e Turismo, com a presença da representante da ONU, Adriana Carvalho

35501424184_6d60f7a585_oNesta quinta-feira (10/8), o Centro de Informações Culturais e Turísticas “Marão Abdo Alfagali” sedia um dos encontros da X Jornada Internacional de Mulheres Escritoras. O evento é gratuito e acontece das 10h às 13h, na sala Cinema Cultural, numa parceria entre a Prefeitura de Votuporanga, o Rio Preto Shopping e o Grupo Cene.

Neste ano, o tema da Jornada é “Empoderamento de gênero e a livre expressão das diversidades: literatura das mulheres em gênero, raça e etnia”. O encontro tem o objetivo de despertar o interesse pela leitura e pelo acesso à informação e à troca de experiências entre autoras.

Um dos destaques do evento será a presença da representante da ONU Mulheres, Adriana Carvalho, gerente dos Princípios de Empoderamento Econômico na Entidade das Nações Unidas para a Igualdade de Gênero e o Empoderamento das Mulheres.

Também estarão presentes: Cláudia Nigro, livre-docente em Crítica Literária e professora adjunta do Instituto de Biociências, Letras e Ciências Exatas da Universidade Estadual Paulista (Ibilce-Unesp); Angela Senra, escritora e jornalista votuporanguense, colaboradora do portal UOL, de revistas das editoras Abril e Globo, e coautora do livro “Aprendi com meu filho” (2014); e a psicóloga Renata Cristina da Silva Ramos Martins, presidente do Conselho Municipal dos Direitos da Mulher de Votuporanga.

As convidadas estarão reunidas numa mesa redonda, mediada por Edilene Gasparini Fernandes, professora associada de Língua Inglesa da Faculdade de Tecnologia de São José do Rio Preto (Fatec Rio Preto), autora do livro “A Palavra do Presidente” (2011), publicado pela Editora Unesp, e coautora do e-book “Ladies First” (2015), escrito e publicado em parceria com Claudia Nigro.

A abertura oficial do evento será realizada pela secretária municipal da Cultura e Turismo, Silvia Stipp. Em seguida, a Jornada será apresentada por sua idealizadora e realizadora, Isabel Ortega.

Haverá ainda uma fala da presidente do Grupo Cene, a enfermeira e empresária Sueli Noronha Kaiser, e uma homenagem à escritora Lygia Fagundes Telles, romancista e contista expoente da literatura pós-modernista, eleita Presidente de Honra da Jornada, além de membro da Academia Brasileira de Letras, vencedora do Prêmio Camões de 2005, e indicada ao Prêmio Nobel de Literatura de 2016.

Lygia também dá nome a um prêmio criado em 2009, pela organização da Jornada Internacional de Mulheres Escritoras, e que é anualmente concedido a autoras de destaque.

Sobre a Jornada Internacional de Mulheres Escritoras

A Jornada Internacional de Mulheres Escritoras é um evento idealizado pela diretora de teatro, escritora, gestora cultural e tradutora rio-pretense, Isabel Ortega, e que conta com a participação de escritoras, jornalistas, críticas e profissionais do universo literário ou que se dedicam a atividades ligadas à escrita e à comunicação.

A Jornada tem por meta criar mecanismos que possam viabilizar uma melhor e mais eficaz comunicação entre leitoras, profissionais e coletivos – como redes de escritoras e editoras criadas por mulheres –, possibilitando o surgimento de novas ideias e o despertamento de novas autoras e pensadoras.

Por meio de um diálogo aberto junto ao público, o evento promove a difusão e a divulgação de políticas culturais capazes de fortalecer e possibilitar a publicação do trabalho de autoras brasileiras no exterior.


SERVIÇO:

X Jornada Internacional de Mulheres Escritoras

Data: quinta-feira (10/8)

Local: Centro de Informações Culturais e Turísticas “Marão Abdo Alfagali” – Sala Cinema Cultural

Horário: das 10h às 13h30

Evento gratuito

Anúncios

Viagem Literária: encontro com o escritor Ricardo Ramos Filho movimenta Biblioteca Municipal

Bate-papo com o autor infanto-juvenil reuniu público de estudantes e educadores no Centro de Cultura e Turismo

A Biblioteca Municipal “Castro Alves” (BCA), sediada no Centro de Informações Culturais e Turísticas “Marão Abdo Alfagali”, no Parque da Cultura de Votuporanga, recebeu na última segunda-feira (19/6), o módulo infanto-juvenil do programa “Viagem Literária”, realizado pela Secretaria de Estado da Cultura, em parceria com a Prefeitura de Votuporanga, por meio da Secretaria da Cultura e Turismo, e com execução da Associação Paulista de Bibliotecas e Leitura (SP Leituras) e do Sistema Estadual de Bibliotecas Públicas de São Paulo (SisEB).

O evento teve como atração um bate-papo com o escritor Ricardo Ramos Filho. A atividade foi voltada para crianças e adolescentes entre 11 e 14 anos e promoveu um diálogo a respeito de temas relacionados à literatura e à escrita.

O autor compartilhou com a plateia algumas de suas experiências pessoais e profissionais envolvendo a leitura e relembrou o conteúdo e o processo de criação de algumas de suas obras, publicadas por editoras de renome, como Globo, Melhoramentos, Paulus e Positivo.

Educadores e alunos das redes pública e particular de ensino do município participaram do encontro, que reuniu um público de mais de 100 pessoas no espaço da brinquedoteca da Biblioteca Municipal.

Sobre Ricardo Ramos Filho

Ricardo Ramos Filho é escritor e roteirista e tem livros editados no Brasil e no exterior. Entre suas obras, se destacam títulos voltados para crianças e jovens, como: “Vovô é um cometa”; “O gato que cantava de galo”; “João Bolão”; “Sobre o telhado das árvores”; “O livro dentro da concha” e “Se eu não me chamasse Raimundo”.

Graduado em Matemática pela Pontifícia Católica de São Paulo (PUC-SP), Ramos Filho é mestre e doutorando em Letras pela Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas da Universidade de São Paulo (FFLCH-USP), pesquisador na área de literatura infantil e juvenil, e cronista do “Escritablog” e da revista “InComunidade”.

É vice-presidente da União Brasileira Escritores (UBE) em São Paulo, ministra cursos e oficinas, e atua como coach literário e produtor cultural em sua própria empresa, a Ricardo Ramos Filho Eventos Literários.

Atualmente, é jurado de importantes prêmios e editais literários, como Prêmio São Paulo de Literatura, Oceanos – Prêmio de Literatura em Língua Portuguesa, Prêmio Mato Grosso de Literatura e ProAC. Em 2015, foi curador do 1º Prêmio Nelly Novaes Coelho de Literatura Infantil, da UBE.

Sobre a Viagem Literária

O programa “Viagem Literária” foi lançado em 2008 e, desde o início, mesmo tendo assumido diferentes formatos, manteve seu objetivo de promover encontros de escritores, contadores de histórias e outros importantes artistas brasileiros com frequentadores das bibliotecas públicas de municípios paulistas.

Atualmente, o “Viagem Literária” é um dos mais consolidados programas da Secretaria da Cultura do Estado de São Paulo, sendo sempre muito bem recebido em todas as cidades.

Para comemorar seus 10 anos de existência, o “Viagem Literária” teve sua abrangência ampliada e se estenderá pelos meses de maio, junho, agosto e setembro de 2017, alcançando um total de 90 municípios.

Entre os anos de 2012 e 2016, o programa realizou 1140 eventos, com 167 escritores e contadores convidados, atendendo a um o público de mais de 129 mil pessoas.

Biblioteca Municipal recebe “O Pequeno Príncipe” em versões acessíveis

dscn4775

Kit de acessibilidade permite que a obra seja lida e compreendida independentemente das capacidades linguísticas ou cognitivas do leitor

A Biblioteca Municipal “Castro Alves” recebeu, na última semana, o kit de acessibilidade do livro “O Pequeno Príncipe”, uma das principais obras do escritor francês Antoine de Saint-Exupéry.

Oferecido pela Associação Paulista de Bibliotecas e Leitura (SP Leituras), o kit já está disponível para consulta do público e é composto por DVD audiovisual com recursos como audiolivro, descrição das imagens, tradução e interpretação em libras e legendas; CD com edição do livro no formato DAISY (Digital Accessible Information System), que utiliza voz humana ou sintética de acordo com os protocolos internacionais de acessibilidade; e um exemplar do título na versão “Leitura Fácil”, que adapta a obra de forma que esta possa ser lida e compreendida independentemente das capacidades linguísticas ou cognitivas do leitor.

O kit é o primeiro de uma série de livros criados em formatos acessíveis dentro do projeto “Acessibilidade em Bibliotecas Públicas”, em funcionamento desde 2013. O material foi desenvolvido em parceria estabelecida entre o Departamento de Livro, Leitura, Literatura e Bibliotecas (DLLLB), vinculada à Secretaria da Cidadania e da Diversidade Cultural (SCDC), do Ministério da Cultura (MinC), e a organização da sociedade civil “Mais Diferenças”.

Sobre a Biblioteca Municipal “Castro Alves”

Localizada no segundo piso do Centro de Informações Culturais e Turísticas “Marão Abdo Alfagali”, no Parque da Cultura de Votuporanga, a Biblioteca Municipal “Castro Alves” conta com amplo acervo de livros, audiolivros, livros em Braile, periódicos, DVDs, jogos e brinquedos.

O empréstimo de livros é gratuito e aberto a toda comunidade votuporanguense. Para retirar algum título, basta que o cidadão faça um cadastro no local, tendo em mãos um documento original com foto e comprovante de endereço (conta de água ou luz).

A Biblioteca atende ao público de terça a sexta-feira, das 9h30 às 19h, e aos sábados e domingos, das 15h às 21h. Mais informações pelo telefone (17) 3405-9670.


Serviço:

Biblioteca Municipal “Castro Alves”

Atendimento: terça a sexta-feira, das 9h30 às 19h; sábados e domingos, das 15h às 21h

Endereço: Centro de Informações Culturais e Turísticas “Marão Abdo Alfagali” – Parque da Cultura de Votuporanga – Avenida Francisco Ramalho de Mendonça, 3112 – Jardim Alvorada

Telefone: (17) 3405-9670