Escola Municipal de Artes recebe exposição sobre folclore brasileiro e inclusão

CULTURA_exposição sobre folclore brasileiro e inclusão

Mostra segue aberta à visitação gratuita, entre os dias 2 e 27 de fevereiro, das 7h30 às 17h

A partir desta sexta-feira (2/2), a sede da Escola Municipal de Artes “João Cornachione ‘Oscarito’”, mantida pela Prefeitura de Votuporanga, recebe a exposição “Cultura Popular e Diversidade Corporal no Folclore Brasileiro”.

A mostra vem à cidade como fruto de uma parceria entre a gestão municipal, por meio da Secretaria da Cultura e Turismo, e o Memorial da Inclusão, gerido pela Secretaria dos Direitos da Pessoa com Deficiência do Governo do Estado de São Paulo.

A exposição segue até o dia 27 de fevereiro, com visitação gratuita, e apresenta ao público lendas, cantigas e narrativas da cultura popular do país, por meio de xilogravuras e objetos em alto relevo, além de recursos de audiodescrição, Libras e caixas sensoriais com recursos táteis, garantindo ainda mais interatividade aos visitantes.

A ideia da mostra é a de promover a sensibilização e a celebração do folclore, da diversidade humana e do direito à diferença cultural, por meio de recursos expográficos acessíveis, visando a expansão do conhecimento do público sobre as tradições brasileiras e a importância de figuras como Saci, Curupira e Iara, enquanto elementos representativos da cultura nacional.

As peças em exibição propõem ainda uma reflexão acerca da importância da sensorialidade e da acessibilidade para a construção de uma sociedade mais inclusiva, por meio da apresentação de personagens com corpos diferentes, que tendem a aguçar a curiosidade e a exploração de novas possibilidades e percepções.

A exposição “Cultura Popular e Diversidade Corporal no Folclore Brasileiro” já passou por importantes espaços culturais paulistanos, como o Conjunto Nacional, na Avenida Paulista, e a sede do Memorial da Inclusão, na Barra Funda, além de integrar a programação da “Virada Inclusiva”, proporcionando ao público a oportunidade de conhecer uma mostra itinerante, além do contato com personagens tipicamente brasileiros.

Saiba mais sobre a exposição no site http://www.memorialdainclusao.sp.gov.br/folclore-brasileiro-em-votuporangasp/ ou pelo telefone (17) 3422-4288.


SERVIÇO:

Exposição “Cultura Popular e Diversidade Corporal no Folclore Brasileiro”

Data: de 2 a 27 de fevereiro

Local: Escola Municipal de Artes “João Cornachione ‘Oscarito’” (R. São Paulo, nº 3546 – Patrimônio Novo)

Horário de visitação: de segunda a sexta-feira, das 7h30 às 17h

Evento Gratuito | Classificação Livre

Anúncios

Adolescentes atendidas pelo CEADS Fernandópolis participam de visita ao Centro de Cultura e Turismo

20170503_142613

Jovens assistidas pelo Centro Educacional de Apoio, Desenvolvimento Social e Cultural conheceram a sala Cinema Cultural, a Biblioteca e o Museu municipais

Um grupo de 18 adolescentes, com idade entre 15 e 17 anos, atendidas pelo Centro Educacional de Apoio, Desenvolvimento Social e Cultural (CEADS) de Fernandópolis (SP) realizou uma visita monitorada ao Centro de Informações Culturais e Turísticas “Marão Abdo Alfagali”, na tarde da última quarta-feira (3/5).

Durante a atividade, as alunas da instituição assistiram ao documentário “Velha Vereda do Sertão”, sobre a história da Estrada Boiadeira do Taboado, na sala Cinema Cultural, conheceram a Biblioteca Municipal “Castro Alves” e participaram de uma visita ao Museu Municipal “Edward Coruripe Costa”, mediada pelo turismólogo responsável pelo setor de Museus e Patrimônios Históricos de Votuporanga, Evandro Junior Ferreira da Silva.

De acordo com a psicóloga do CEADS, Marcia Daiane dos Santos Dornele, o objetivo das atividades desenvolvidas durante a visita ao Centro de Cultura e Turismo foi o de fomentar a discussão de questões relacionadas à diversidade cultural entre as adolescentes assistidas. “O CEADS trabalha com serviços de convivência e fortalecimento de vínculos. Logo, entre os nossos temas, está a diversidade cultural, que é um tópico que envolve desde o respeito mútuo até o convívio em grupo. Trazer as meninas para um espaço como este, repleto de opções de lazer e cultura, ajuda na internalização desse conteúdo”, comenta Marcia.

Já a assistente social do CEADS, Rosiane Bonifácio, elogiou a estrutura e a programação do Centro de Cultura e Turismo. “Achamos muito importante trazer nossas alunas para este espaço. É um ambiente muito seguro, aconchegante, e que realmente trata a diversidade cultural com bastante ênfase e seriedade”, ressaltou.

Assistidos do IDAV participam de visita ao Centro de Cultura e Turismo

34194107341_0e224579d2_b

Grupo de pessoas com deficiências audiovisuais teve oportunidade de conhecer as dependências do Museu e da Biblioteca Municipais

Um grupo de cerca de 15 assistidos do Instituto do Deficiente Audiovisual de Votuporanga (IDAV) participou de uma visita ao Centro de Informações Culturais e Turísticas “Marão Abdo Alfagali”, no Parque da Cultura de Votuporanga, na manhã da última quinta-feira (27/4).

Os assistidos puderam entrar em contato com o acervo do Museu Municipal “Edward Coruripe Costa”, além de visitar as dependências da Biblioteca Municipal “Castro Alves” (BCA) e da sala Cinema Cultural.

A atividade contou com a participação e mediação do coordenador de Tecnologia de Informação do Instituto Federal São Paulo (IFSP) – Campus Votuporanga, Carlos Eduardo Alves da Silva, responsável pelo projeto de extensão “Arte dos Origamis”, que, em parceria com o IDAV, oferece aos assistidos oficinas de dobraduras, visando o desenvolvimento de habilidades manuais e de concentração.

Durante a visita à Biblioteca Municipal, o grupo pôde consultar parte dos itens em formatos acessíveis disponibilizados pela instituição, incluindo livros em Braile, audiolivros e títulos na versão “Leitura Fácil”, que adapta obras literárias de forma que estas possam ser lidas e compreendidas independentemente das capacidades linguísticas ou cognitivas do leitor.

De acordo com a bibliotecária Thayane Cobacho de Oliveira, a visita do IDAV pôde comprovar que Biblioteca Municipal “Castro Alves” conta com todos os recursos de acessibilidade necessários para o público com deficiências audiovisuais. “Nosso espaço é totalmente sinalizado e conta com elementos como piso tátil e elevador, proporcionando aos visitantes total independência durante a circulação pelo prédio, não importando quais forem as suas limitações”, afirmou.

“É importante que o público deficiente utilize esse ambiente, já que uma biblioteca pode contribuir não só para o desenvolvimento físico e intelectual do indivíduo, mas também para a promoção de ações de inclusão social”, conclui Thayane.

Biblioteca Municipal recebe “O Pequeno Príncipe” em versões acessíveis

dscn4775

Kit de acessibilidade permite que a obra seja lida e compreendida independentemente das capacidades linguísticas ou cognitivas do leitor

A Biblioteca Municipal “Castro Alves” recebeu, na última semana, o kit de acessibilidade do livro “O Pequeno Príncipe”, uma das principais obras do escritor francês Antoine de Saint-Exupéry.

Oferecido pela Associação Paulista de Bibliotecas e Leitura (SP Leituras), o kit já está disponível para consulta do público e é composto por DVD audiovisual com recursos como audiolivro, descrição das imagens, tradução e interpretação em libras e legendas; CD com edição do livro no formato DAISY (Digital Accessible Information System), que utiliza voz humana ou sintética de acordo com os protocolos internacionais de acessibilidade; e um exemplar do título na versão “Leitura Fácil”, que adapta a obra de forma que esta possa ser lida e compreendida independentemente das capacidades linguísticas ou cognitivas do leitor.

O kit é o primeiro de uma série de livros criados em formatos acessíveis dentro do projeto “Acessibilidade em Bibliotecas Públicas”, em funcionamento desde 2013. O material foi desenvolvido em parceria estabelecida entre o Departamento de Livro, Leitura, Literatura e Bibliotecas (DLLLB), vinculada à Secretaria da Cidadania e da Diversidade Cultural (SCDC), do Ministério da Cultura (MinC), e a organização da sociedade civil “Mais Diferenças”.

Sobre a Biblioteca Municipal “Castro Alves”

Localizada no segundo piso do Centro de Informações Culturais e Turísticas “Marão Abdo Alfagali”, no Parque da Cultura de Votuporanga, a Biblioteca Municipal “Castro Alves” conta com amplo acervo de livros, audiolivros, livros em Braile, periódicos, DVDs, jogos e brinquedos.

O empréstimo de livros é gratuito e aberto a toda comunidade votuporanguense. Para retirar algum título, basta que o cidadão faça um cadastro no local, tendo em mãos um documento original com foto e comprovante de endereço (conta de água ou luz).

A Biblioteca atende ao público de terça a sexta-feira, das 9h30 às 19h, e aos sábados e domingos, das 15h às 21h. Mais informações pelo telefone (17) 3405-9670.


Serviço:

Biblioteca Municipal “Castro Alves”

Atendimento: terça a sexta-feira, das 9h30 às 19h; sábados e domingos, das 15h às 21h

Endereço: Centro de Informações Culturais e Turísticas “Marão Abdo Alfagali” – Parque da Cultura de Votuporanga – Avenida Francisco Ramalho de Mendonça, 3112 – Jardim Alvorada

Telefone: (17) 3405-9670