Projeto Guri: alunos do Polo Votuporanga participam de evento em Ibirá (SP)

Inscritos no curso de canto coral compareceram à atividade socioeducativa “ECA Rock”, realizada pelo programa Guri Consciente

Alunos do curso de canto coral do Polo Votuporanga do Projeto Guri participaram da atividade socioeducativa “ECA Rock Nacional e Diretos de Crianças, Adolescentes e Juventude”, realizada na última terça-feira (20/6), no Balneário “Evaristo Mendes Seixas”, localizado no município de Ibirá (SP).

O evento, que reúne música brasileira e conceitos do Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA), estimula a reflexão e o empoderamento dos alunos do Projeto Guri e é parte de uma série de ações orientadas pela diretoria de desenvolvimento social da organização social de cultura “Amigos do Guri”.

Ao todo, cerca de 800 crianças e adolescentes compareceram ao evento, que reuniu alunos de 25 polos pertencentes à regional de São José do Rio Preto (SP).

De acordo com o diretor de desenvolvimento social da “Amigos do Guri”, Francisco Rodrigues, “o Estatuto da Criança e do Adolescente é um instrumento jurídico revolucionário no reconhecimento de crianças e adolescentes como sujeito de direitos”. “Ainda que enfrentemos diversos desafios para sua efetiva implementação, nosso Estatuto é reconhecido mundialmente por ser um dos mais completos e avançados instrumentos legais do mundo”, completou.

Realizada por meio do programa “Guri Consciente”, esta edição do “ECA Rock” procura não só promover a conscientização a respeito dos direitos das crianças e dos adolescentes, mas também incentivar o estudo da influência cultural dos movimentos musicais, desde a Jovem Guarda e o Tropicalismo, nas décadas de 1960 e 1970, passando pelo punk rock dos anos pós-Guerra do Vietnã, até as letras críticas que surgiram no cenário do rock brasileiro, em meio à crise mundial do petróleo, que conduziu à recessão econômica no país.

Sobre o Projeto Guri

Mantido pela Secretaria da Cultura do Estado de São Paulo, o Projeto Guri é considerado o maior programa sociocultural brasileiro. Em Votuporanga, o projeto oferece, nos períodos de contraturno escolar, cursos de canto coral, contrabaixo acústico, viola, violino e violoncelo, para crianças e adolescentes entre 6 e 18 anos.

O Polo Votuporanga do Projeto Guri está sediado no Centro de Educação e Cidadania (CEC) “Leila Valquíria de Souza”, localizado à rua Aparecido Felício de Castro, nº 227, no Conjunto Habitacional Sonho Meu. As aulas do projeto acontecem às quartas e sextas-feiras, das 13h30 às 17h30. Para mais informações, o telefone é o (17) 3422-4288.

Escola Municipal de Artes realiza audição musical gratuita nesta quinta-feira (22/6)

22614789834_cc4d2c14a8_o

Alunos dos cursos de música se apresentam às 20h30, na Concha Acústica, encerrando o 1º semestre letivo de 2017

Nesta quinta-feira (22/6), a Escola Municipal de Artes “João Cornachione ‘Oscarito’” apresentará ao público uma amostra das atividades desenvolvidas em seus cursos regulares de música.

Ao todo, quase uma centena de alunos participará da audição, que marca o encerramento do primeiro semestre letivo de 2017 dos projetos coordenados pela Prefeitura de Votuporanga, por meio da Secretaria da Cultura e Turismo.

A apresentação é gratuita e acontece a partir das 20h30, no palco da Concha Acústica “Professor Geraldo Alves Machado”.

O evento é uma boa oportunidade para quem gosta de música conhecer de perto o desempenho dos artistas votuporanguenses, atualmente em fase de formação, em segmentos diversos, como: violão popular, flauta doce, percussão e bateria, e, ainda, instrumentos de orquestra, como violino, viola, violoncelo e contrabaixo acústico.

No repertório, músicas populares bastante conhecidas e temas de filmes com arranjos específicos para pequenas orquestras.


SERVIÇO:

Audição Musical da Escola Municipal de Artes – Encerramento do 1º semestre letivo de 2017

Data: Quinta-feira (22/6)

Local: Concha Acústica “Prof. Geraldo Alves Machado”

Horário: 20h30

Realização: Prefeitura de Votuporanga, por meio da Secretaria Municipal da Cultura e Turismo

Evento gratuito | Classificação Livre

Escola Municipal de Artes realiza audição e oficinas musicais gratuitas na próxima semana

Alunos dos cursos de música se apresentam na Concha Acústica, na quinta-feira (22/6); oficinas de bateria e percussão popular acontecem no sábado (24/6)

A agenda da Escola Municipal de Artes “João Cornachione ‘Oscarito’” está repleta de atividades para a próxima semana. Na quinta-feira (22/6), a instituição apresentará ao público uma amostra das atividades desenvolvidas em seus cursos regulares de música, numa audição gratuita, que será realizada a partir das 20h30, no palco da Concha Acústica “Prof. Geraldo Alves Machado”.

Ao todo, quase uma centena de alunos participará da apresentação, que marca o encerramento do primeiro semestre letivo de 2017 dos projetos coordenados pela Secretaria Municipal da Cultura e Turismo da Prefeitura de Votuporanga.

O evento é uma boa oportunidade para quem gosta de música conhecer de perto o desempenho dos artistas votuporanguenses, atualmente em fase de formação, em segmentos diversos, como: violão popular, flauta doce, percussão e bateria, e, ainda, instrumentos de orquestra, como violino, viola, violoncelo e contrabaixo acústico.

No repertório, músicas populares bastante conhecidas e temas de filmes com arranjos específicos para pequenas orquestras.

Oficinas

Já na tarde de sábado (24/6), a escola promove, em sua sede, uma série de oficinas gratuitas, voltadas para crianças, adolescentes e adultos interessados em aprender um pouco mais a respeito da execução de bateria e percussão popular. As atividades têm como público-alvo pessoas que já tiveram algum contato anterior com os instrumentos e desejam aprimorar seus conhecimentos de maneira prática.

As inscrições devem ser feitas no local, com alguns minutos de antecedência ao início das atividades. A programação terá início às 13h, com uma oficina de percussão popular de nível iniciante, para crianças com idade entre 6 e 10 anos. A atividade inclui práticas de construção de ritmo básico, contagem de tempos e introdução à percepção rítmica.

Já às 14h, é a vez da oficina de percussão popular de nível intermediário, que atenderá a participantes a partir dos 11 anos de idade. Será desenvolvida uma execução coletiva, utilizando diversos instrumentos percussivos, juntamente com áudios de canções da Música Popular Brasileira, a fim de que os inscritos possam observar e conhecer melhor as etapas formais de uma composição, como ritmo, dinâmica e andamento.

Por fim, a partir das 15h30, será ministrada uma oficina de bateria de nível avançado, direcionada para adolescentes e adultos, a partir dos 12 anos de idade e que já tenham conhecimento prévio em leitura rítmica e algum contato anterior com instrumentos percussivos. Nessa atividade, serão desenvolvidas práticas de pesquisa a respeito do papel da bateria no gênero musical pop rock, com exposição de exemplos de composições e do legado de bateristas inovadores, análise de partituras e dicas de como criar duetos para bateria.

Para mais informações a respeito das oficinas, o telefone da Escola Municipal de Artes é o (17) 3422-4288.


SERVIÇO:

Audição Musical da Escola Municipal de Artes – Encerramento do 1º semestre letivo de 2017

Data: Quinta-feira (22/6)

Local: Concha Acústica “Prof. Geraldo Alves Machado”

Horário: 20h30

Realização: Prefeitura de Votuporanga, por meio da Secretaria Municipal da Cultura e Turismo

Evento gratuito | Classificação Livre


Oficinas de Bateria e Percussão Popular

Data: Sábado (24/6)

Local: Escola Municipal de Artes “João Cornachione ‘Oscarito’” (R. São Paulo, 3546 – Patrimônio Novo)

  • Percussão Popular – Nível Iniciante

Horário: das 13h às 14h

Faixa etária: de 6 a 10 anos

  • Percussão Popular – Nível Intermediário

Horário: das 14h às 15h30

Faixa etária: a partir de 11 anos

  • Bateria – Nível Avançado

Horário: das 15h30 às 17h

Faixa etária: a partir de 12 anos3

 

Realização: Prefeitura de Votuporanga, por meio da Secretaria Municipal da Cultura e Turismo

Evento gratuito | Inscrições no local

2ª edição dos “Eventos Itinerantes” movimentam o distrito de Simonsen

34538790195_46389fdcb7_o

Atividades culturais gratuitas reuniram mais de 300 pessoas na praça Papa João Paulo II

A tarde do último domingo (7/5) foi movimentada no distrito de Simonsen. A 2ª edição dos “Eventos Itinerantes”, promovida pela Prefeitura de Votuporanga, por meio da Secretaria da Cultura e Turismo, reuniu um público de mais de 300 pessoas na praça Papa João Paulo II.

No local, foram oferecidas mais de dez atrações culturais e artísticas gratuitas, que contemplaram modalidades como música, dança, teatro, roda de conversa e contação de histórias.

A programação contou com a participação de artistas, coletivos, grupos e projetos locais, como Banda Musical “Zequinha de Abreu”, Conjunto de Câmara da Escola Municipal de Artes, Coral de Violas “A Voz do Sertão”, FLIV Itinerante, Grupo Bem Viver II, M17 Companhia de Danças Urbanas, Núcleo de Iniciação às Artes Cênicas (NIAC), Projeto Axé Criança, Projeto Novo Mais Educação e Rede Panapanã.

A primeira edição dos “Eventos Itinerantes” foi realizada no último mês de abril, no bairro São João. O intuito da Secretaria da Cultura e Turismo é realizar eventos como este ao longo de todo o ano de 2017, em diferentes regiões do município, com periodicidade mensal.

Simonsen recebe 2ª edição dos “Eventos Itinerantes”, neste domingo (7/5)

33434620170_6349c7cb27_h

Atividades culturais gratuitas ocupam a praça Papa João Paulo II, das 13h às 18h

A tarde deste domingo (7/5) será repleta de arte e cultura no distrito de Simonsen. Das 13h às 18h, a praça Papa João Paulo II sediará a 2ª edição dos “Eventos Itinerantes”, realizada pela Secretaria da Cultura e Turismo da Prefeitura de Votuporanga.

O evento, que teve sua 1ª edição realizada no bairro São João, no último mês de abril, segue para Simonsen, com mais de dez atrações, que englobam modalidades como música, dança, teatro, roda de conversa e contação de histórias.

Entre as atrações, estarão coletivos, grupos, artistas e projetos locais, como Banda Musical “Zequinha de Abreu”, Conjunto de Câmara da Escola Municipal de Artes, Coral de Violas “A Voz do Sertão”, FLIV Itinerante, Grupo Bem Viver II, M17 Companhia de Danças Urbanas, Núcleo de Iniciação às Artes Cênicas (NIAC), Projeto Axé Criança, Projeto Novo Mais Educação e Rede Panapanã.

Todas as atividades desenvolvidas durante os “Eventos Itinerantes” são gratuitas e abertas a toda a comunidade. A iniciativa da Secretaria da Cultura e Turismo é a de realizar eventos como este ao longo do ano por toda a cidade, com periodicidade mensal.

Confira abaixo a programação completa da 2ª edição dos Eventos Itinerantes:

  • 13h às 18h: FLIV Itinerante
  • 13h30 às 14h: Projeto Axé Criança – SECULT
  • 14h às 14h30: Núcleo de Iniciação de Artes Cênicas (NIAC)
  • 14h às 15h: Bate-papo “Conversa de Mulher” – Rede Panapanã
  • 14h30 às 14h40: Dança – Grupo Bem Viver II – Centro Social de Votuporanga
  • 14h40 às 15h: Música – Grupo Bem Viver II – Centro Social de Votuporanga
  • 15h às 15h05: M17 Companhia de Danças Urbanas
  • 15h05 às 15h30: Capoeira – Grupo Bem Viver II – Centro Social de Votuporanga
  • 15h30 às 15h40: Percussão – Projeto Novo Mais Educação – CEM “Orozimbo Furtado Filho”
  • 15h40 às 16h10: Conjunto de Câmara da Escola Municipal de Artes
  • 16h10 às 16h40: Coral de Violas “A Voz do Sertão” – Centro de Folclore e Cultura
  • 16h40 às 18h: Banda Musical Zequinha de Abreu

 


SERVIÇO:

“Eventos Itinerantes” – 2ª edição

Data: domingo (2/4)

Local: Praça Papa João Paulo II, s/nº (Distrito de Simonsen)

Horário: das 13h às 18h

Realização: Secretaria Municipal da Cultura e Turismo

Evento gratuito | Classificação Livre

Seminário “Olhares da Gestão Cultural” movimenta Centro de Cultura e Turismo

33958511356_55f8d47d73_h

Evento recebeu representantes e gestores de cerca de 20 municípios da região

O Seminário “Olhares da Gestão Cultural” movimentou o Centro de Informações Culturais Turísticas “Marão Abdo Alfagali”, na última terça-feira (11/04). O evento recebeu mais de 90 representantes e gestores culturais de cerca de 20 municípios da região, que se reuniram na sala Cinema Cultural para uma série de palestras, conversas e discussões, ministradas pela museóloga Daniele Torres e pela consultora Nara Almeida.

Diretora do Instituto AES e sócia das empresas Companhia da Cultura e Cultura e Mercado, Daniele conversou com o público a respeito dos temas “Planejamento e elaboração de projetos” e “Captação de recursos: estratégias, abordagem, negociação e apresentação”.

Já Nara, que é membro do conselho consultivo do Allied Minds, integrante do grupo “Mulheres do Brasil” e responsável pelo Laboratório de Narrativas de Gêneros da Associação Brasileira de Comunicação Empresarial (Aberje), desenvolveu junto aos participantes o tópico “Comunicação: fundamentos de marketing para projetos culturais”.

Durante o seminário, o público ainda pôde discutir e analisar cases com o auxílio das palestrantes, bem como participar de momentos de compartilhamento de experiências bem-sucedidas.

De acordo com o coordenador de produção do evento, Renato Modesto, “o seminário se faz extremamente relevante num momento como o atual, em que novas parcerias e olhares de como fazer cultura têm de ser repensados a cada dia”. “A região de Votuporanga é uma área com um forte apelo cultural e uma grande potência artística no Estado. Esse encontro é uma oportunidade de trazermos, não só para os artistas, mas também para os gestores municipais de toda a região, um ambiente de diálogo, no qual podemos pensar e repensar a respeito de nossos projetos”, completou.

Sobre o seminário ‘Olhares da Gestão Cultural’

Criado em 2013, o seminário ‘Olhares da Gestão Cultural’ já circulou por cidades como Limeira, Lins, Marília, Mogi das Cruzes, São Carlos, São José do Rio Preto, Sorocaba e São José dos Campos.

O evento promove uma série de diálogos com pensadores, gestores e pesquisadores ligados ao universo da Cultura e tem como objetivo o aprofundamento de discussões sobre as questões que envolvem articulação e gestão cultural.

O seminário é realizado pelo programa “Oficinas Culturais” da Secretaria de Estado da Cultura, administrado pelo Instituto de Apoio à Cultura, à Língua e à Literatura (Poiesis), com correalização da Prefeitura de Votuporanga, por meio da Secretaria Municipal da Cultura e Turismo, e parceria da escola de gestão e produtora de conteúdo Cultura e Mercado.

Sobre o Programa Oficinas Culturais

Oficinas Culturais é um programa da Secretaria de Cultura do Estado de São Paulo que, desde 1986, promove formação e vivência à população no campo da cultura. O Programa é administrado pelo Instituto de Apoio à Cultura, à Língua e à Literatura (Poiesis).

Hoje, além de quatro unidades localizadas na capital, o Programa dialoga com o interior por meio de dois festivais (música instrumental e literatura), seminários de gestão cultural, ciclos de cultura tradicional e contemporaneidade, qualificação artística de grupos de teatro e dança, e ações dedicadas à pesquisa e experimentação nas diversas linguagens artísticas bem como à formação de novos públicos.

Confira na galeria abaixo alguns registros do seminário “Olhares da Gestão Cultural” em Votuporanga:

Este slideshow necessita de JavaScript.

Sinfônica da Escola Municipal de Artes lota Centro de Convenções

33006291663_9c60128de9_h

Concerto com repertório de valsas atraiu mais de 370 pessoas no último domingo (2/4)

Na noite do último domingo (2/4), a Orquestra Sinfônica da Escola Municipal de Artes “João Cornachione ‘Oscarito’” lotou o Centro de Convenções “Jornalista Nelson Camargo” com a realização de um concerto gratuito, apresentando um repertório especial de valsas.

Sob a coordenação e regência do maestro Mazinho Sartori, a orquestra, que é composta por alunos e professores do “Projeto Sinfônico”, emocionou um público de mais de 370 pessoas, que teve a oportunidade de entrar em contato com releituras de obras mundialmente conhecidas, como as valsas vienenses de Johann Strauss Jr. e valsas com características tipicamente brasileiras, como a valsa canção, a valsa choro e a valsa seresta.

A abertura do concerto foi feita por uma orquestra de estudantes do módulo intermediário do “Projeto Sinfônico”, que executou cinco pequenas peças, como forma de adquirir experiência de palco e de contato com o público.

Durante o evento, os bailarinos Mariana Mattos e Rodrigo Garcia tiveram uma participação especial, apresentando números de dança, e, ao final do concerto, convidando a plateia para se unir a eles num grande baile, ao som dos “Contos dos Bosques de Viena”, de Johann Strauss Jr.

Também participaram da apresentação convidados como o músico Eugênio da Silva “Tesourinha” e o seresteiro Luiz Antônio Pagliarani.

Sobre o “Projeto Sinfônico”

A formação da orquestra da Escola Municipal de Artes “João Cornachione ‘Oscarito’” é fruto de um projeto desenvolvido pela municipalidade, intitulado “Projeto Sinfônico”, que visa o aprofundamento dos conhecimentos musicais dos alunos e o aprimoramento de técnicas de execução dos instrumentos.

Para tanto, são oferecidas aulas semanais de teoria da música, prática de conjunto, exercícios vocais, percepção auditiva, além de lições específicas para o aprendizado de cada instrumento musical.

Atualmente, frequentam os cursos regulares de música oferecidos pela Prefeitura de Votuporanga, por meio da Secretaria Municipal da Cultura e Turismo, cerca de 250 alunos. Desse total, aproximadamente 85 estudantes participam do “Projeto Sinfônico”, distribuídos em cinco modalidades: violino, viola, violoncelo, contrabaixo acústico e percussão.

Munícipes elogiam estrutura do Centro de Cultura e Turismo

Espaço chama a atenção do público por reunir cultura e entretenimento gratuitos e para todas as idades

A estrutura do Centro de Informações Culturais e Turísticas “Marão Abdo Alfagali” vem sendo frequentemente elogiada pelos moradores de Votuporanga. Localizado no Parque da Cultura, o espaço abriga não só a Biblioteca Municipal “Castro Alves”, o Museu Municipal “Edward Coruripe Costa” e a Secretaria Municipal de Cultura e Turismo, como também dispõe de um auditório externo para 90 pessoas e da sala Cinema Cultural, com capacidade para 70 lugares e três sessões diárias de filmes, oferecidas pelo programa “Pontos MIS”, numa parceria entre a Secretaria Municipal da Cultura e Turismo e o Museu da Imagem e do Som de São Paulo (MIS-SP).

Frequentadora assídua do Centro de Cultura e Turismo, a estudante Glenda Carvalho passa boa parte de sua semana na biblioteca do local. Natural de Jales (SP), Glenda se mudou para Votuporanga há poucos meses, mas já tem usufruído das facilidades oferecidas pelo espaço.

Aluna de um cursinho pré-vestibular da cidade e aspirante a uma vaga no curso de Medicina, ela se dedica aos estudos, em média, seis horas por dia, período em que se utiliza da Sala de Oficinas da Biblioteca Municipal “Castro Alves”: “O espaço é incrível. É um ambiente climatizado, silencioso e limpo, onde encontro tudo o que preciso, desde computadores com acesso à internet até livros para eventuais consultas”, afirma a estudante.

Em sua primeira visita ao local, a vendedora Thaís Carrasco também se impressionou com o que viu. Acompanhada da mãe, Márcia Carrasco, e de seus dois filhos, Marcelo, de 3 anos, e Arthur, de 2 meses, Thaís destacou a variedade de programações e a versatilidade do Centro de Cultura e Turismo: “Aqui, encontro atividades tanto para mim quanto para os meus filhos. Além da biblioteca, que tem vários livros infantis e ajuda no estímulo à leitura, eles ainda têm um espaço onde podem brincar em segurança, num ambiente muito limpo e bem cuidado”, ressaltou.

Ações de inclusão social

Além do atendimento regular ao público, o Centro de Informações Culturais e Turísticas “Marão Abdo Alfagali” também tem acolhido grupos de entidades assistenciais de Votuporanga, em ações de inclusão social, promovidas por instituições como a Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais (APAE), o Centro de Atenção Psicossocial (CAPS) “Leodoro Santana” e os Centros de Referência de Assistência Social (CRAS).

Entre as atividades desenvolvidas pelas entidades, estão desde oficinas e aulas de inclusão digital até visitas guiadas ao Museu Municipal e exibições de filmes no Cinema Cultural.

Para a secretária municipal da Cultura e Turismo, Silvia Stipp, “é extremamente importante um espaço que agrega além do cinema, do museu e da biblioteca, programações de diferentes manifestações artísticas como exposições de artes plásticas com artistas votuporanguenses e atividades formativas em vários segmentos”.

Sobre o Centro de Cultura e Turismo

Desde sua apresentação, em outubro de 2016, por meio da 5ª edição do Festival Literário de Votuporanga (FLIV), o Centro de Informações Culturais e Turísticas “Marão Abdo Alfagali” já recebeu um público de mais de 90 mil pessoas.

O local fica aberto à visitação de terça a sexta-feira, das 9h30 às 19h, e aos sábados e domingos, das 15h às 21h. A entrada é gratuita e livre para todos os públicos.


SERVIÇO:

Centro de Informações Culturais e Turísticas “Marão Abdo Alfagali”

Endereço: Avenida Francisco Ramalho de Mendonça, nº 3112 – Parque da Cultura – Jardim Alvorada

Visitação: de terça a sexta-feira, das 9h30 às 19h. Aos sábados e domingos, das 15h às 21h. Fechado durante os feriados.

Telefone: (17) 3405-9670

 

Inscrições para o Projeto Guri encerram nesta sexta-feira (17)

b4785c555b94d84947f532c82c1eefa5

Matrículas para os cursos de canto coral, violino e viola clássica são gratuitas e devem ser realizadas no CEC Sonho Meu

O Projeto Guri, programa de educação musical do Governo do Estado de São Paulo em parceria com a Secretaria da Cultura e Turismo de Votuporanga, encerra suas inscrições para novos alunos nesta sexta-feira (17/3). As vagas remanescentes estão distribuídas entre os cursos de canto coral infantil (6 a 8 anos), violino e viola clássica (8 a 18 anos incompletos).

As inscrições são gratuitas e não é preciso que o aluno tenha conhecimento musical prévio. Para matricular-se no projeto, a criança ou adolescente deve estar acompanhado pelos pais ou responsáveis legais e apresentar os seguintes documentos: RG ou da certidão de nascimento do aluno, comprovante de matrícula escolar e/ou declaração de frequência escolar, RG do responsável (original e cópia) e comprovante de endereço para consulta.

As inscrições são realizadas por ordem de chegada e devem ser feitas no Polo Votuporanga do Projeto Guri, que, desde o mês de fevereiro, atende no Centro de Educação e Cidadania (CEC) “Leila Valquíria de Souza”, localizado à rua Aparecido Felício de Castro, nº 306, Conjunto Habitacional Sonho Meu. As aulas acontecem às quartas e sextas-feiras, das 13h30 às 17h30. Para mais informações, o telefone para contato é o (17) 3422-8895.

O projeto

Ao ingressar no Projeto Guri, o aluno opta pelo aprendizado de um instrumento musical, de canto coral, ou de ambos os cursos. Nas aulas são trabalhados os mais variados gêneros musicais, desde canções populares e músicas folclóricas a composições eruditas. Além de apresentar aos alunos novos estilos de música e manifestações culturais, a variedade de repertório trabalhada nos polos mantém viva as raízes culturais da própria comunidade.

Nos polos do Guri as atividades são sempre praticadas em grupo, o que estimula a participação dos alunos. Todos fazem parte de uma equipe que passa pelos mesmos desafios e aprendizado. Nas apresentações realizadas ao público, em pequenos, médios ou grandes eventos, o resultado é produto da dedicação do grupo e, ao mesmo tempo, também de cada um.

Para os jovens, participar do Projeto Guri significa unir aprendizado e satisfação. Por tudo isso, o ensino musical é a ferramenta escolhida pelo Projeto Guri para o cumprimento da sua missão de inclusão sociocultural.


SERVIÇO:

Projeto Guri | Polo Votuporanga

Endereço: CEC – Centro de Educação e Cidadania “Leila Valquíria de Souza” (Rua Aparecido Felício de Castro, nº 306, Conjunto Habitacional Sonho Meu)

Telefone: (17) 3422-8895

Inscrições: Até sexta-feira (17/3). Gratuitas

Aulas: Quartas e sextas-feiras, das 13h30 às 17h30

Final de semana em Votuporanga conta com programação da Mostra de Dança

368980896

Centro de Cultura e Turismo recebe oficinas e Concha Acústica sedia apresentação de encerramento do evento

Realizada ao longo desta semana, a Mostra de Dança 2017 em Votuporanga segue neste sábado (11/3) com diversas atividades e se encerra no domingo (12/3) com um espetáculo no palco da Concha Acústica “Geraldo Alves Machado”. O evento é uma realização da Prefeitura, por meio da Secretaria Municipal da Cultura e Turismo.

No sábado, das 13 às 17h, o Grupo Expressão ocupa a sala de oficinas do no Centro de Informações Culturais e Turísticas “Marão Abdo Alfagali” para ministrar a oficina “Plataforma”. A atividade formativa é dividida em quatro módulos: “Princípios do Movimento”, “Processo da Dança”, “Dimensões Sócio-Histórico-Culturais da Dança” e “Aspectos Estéticos”.

Também no sábado, a partir das 17h, é a vez de Rodrigo Garcia e Mariana Mattos oferecerem a atividade “Corpo Criativo a Dois – Oficina de Criação e Ação na Dança”, no palco externo do Centro de Cultura e Turismo. Das 17h às 18h15, Rodrigo e Mariana ministram o módulo “Condução e Resposta”, já das 18h25 às 19h40, os bailarinos apresentam ao público lições de “Musicalização”.

Já no domingo, a equipe da Compasso Academia de Dança comanda a oficina “Eu Soul Samba Rock”. A atividade segue das 16h às 18h, na Varanda Cultural do Centro de Cultura e Turismo.

Mais tarde, às 20h30, a Concha Acústica “Professor Alves Machado” sedia a apresentação de encerramento da Mostra de Dança 2017, que contará com a participação de Renan Carvalho, M17 Companhia de Dança, Grupo Expressão, Almagêmea Escola e Boutique de Dança e Roma Companhia de Dança.


SERVIÇO:

Mostra de Dança 2017

Sábado (11/3)

Evento: Oficina “Plataforma”, com Grupo Expressão

Horário: 13h às 17h

Local: Centro de Cultura e Turismo – Sala de Oficinas

Evento gratuito | Classificação: 12 anos

 

Evento: “Corpo Criativo a Dois – Oficina de Criação e Ação na Dança”, com Rodrigo Garcia e Mariana Mattos

Horário: Módulo “Condução e Resposta”, das 17h às 18h15; Módulo “Musicalização”, das 18h25 às 19h40

Local: Centro de Cultura e Turismo – Palco Externo

Evento gratuito | Classificação: 12 anos

 

Domingo (12/03)

Evento: Oficina “Eu Soul Samba Rock”, com Compasso Academia de Dança

Horário: 16h às 18h

Local: Centro de Cultura e Turismo – Varanda Cultural

Evento gratuito | Classificação: 12 anos

 

Evento: Apresentações de Encerramento da “Mostra de Dança 2017”

Horário: 20h30

Atrações: “The Winner Takes It All”/Ballet Clássico, com Almagêmea Escola e Boutique de Dança; “Samba de Gafieira”, com Renan Carvalho; “Roma Xique-Xique”, com Roma Academia de Dança; “Don´t Let Me Be Misunderstood”/Flamenco, com Almagêmea Escola e Boutique de Dança; “Equilíbrio”, com Roma Academia de Dança; Another Brick In The Wall & Time Of My Life/Sapateado, com Almagêmea Escola e Boutique de Dança; “Amor Metálico”, com Grupo Expressão; Samba no Pé/Passistas, com Renan Carvalho; “I Started A Joke”/Jazz, com Almagêmea Escola e Boutique de Dança; “Sagrado”, com Roma Academia de Dança; M17 Companhia de Dança; “Protesto”, com Grupo Expressão.

Local: Concha Acústica “Professor Geraldo Aves Machado”

Evento gratuito | Classificação Livre