Simonsen recebe 2ª edição dos “Eventos Itinerantes”, neste domingo (7/5)

33434620170_6349c7cb27_h

Atividades culturais gratuitas ocupam a praça Papa João Paulo II, das 13h às 18h

A tarde deste domingo (7/5) será repleta de arte e cultura no distrito de Simonsen. Das 13h às 18h, a praça Papa João Paulo II sediará a 2ª edição dos “Eventos Itinerantes”, realizada pela Secretaria da Cultura e Turismo da Prefeitura de Votuporanga.

O evento, que teve sua 1ª edição realizada no bairro São João, no último mês de abril, segue para Simonsen, com mais de dez atrações, que englobam modalidades como música, dança, teatro, roda de conversa e contação de histórias.

Entre as atrações, estarão coletivos, grupos, artistas e projetos locais, como Banda Musical “Zequinha de Abreu”, Conjunto de Câmara da Escola Municipal de Artes, Coral de Violas “A Voz do Sertão”, FLIV Itinerante, Grupo Bem Viver II, M17 Companhia de Danças Urbanas, Núcleo de Iniciação às Artes Cênicas (NIAC), Projeto Axé Criança, Projeto Novo Mais Educação e Rede Panapanã.

Todas as atividades desenvolvidas durante os “Eventos Itinerantes” são gratuitas e abertas a toda a comunidade. A iniciativa da Secretaria da Cultura e Turismo é a de realizar eventos como este ao longo do ano por toda a cidade, com periodicidade mensal.

Confira abaixo a programação completa da 2ª edição dos Eventos Itinerantes:

  • 13h às 18h: FLIV Itinerante
  • 13h30 às 14h: Projeto Axé Criança – SECULT
  • 14h às 14h30: Núcleo de Iniciação de Artes Cênicas (NIAC)
  • 14h às 15h: Bate-papo “Conversa de Mulher” – Rede Panapanã
  • 14h30 às 14h40: Dança – Grupo Bem Viver II – Centro Social de Votuporanga
  • 14h40 às 15h: Música – Grupo Bem Viver II – Centro Social de Votuporanga
  • 15h às 15h05: M17 Companhia de Danças Urbanas
  • 15h05 às 15h30: Capoeira – Grupo Bem Viver II – Centro Social de Votuporanga
  • 15h30 às 15h40: Percussão – Projeto Novo Mais Educação – CEM “Orozimbo Furtado Filho”
  • 15h40 às 16h10: Conjunto de Câmara da Escola Municipal de Artes
  • 16h10 às 16h40: Coral de Violas “A Voz do Sertão” – Centro de Folclore e Cultura
  • 16h40 às 18h: Banda Musical Zequinha de Abreu

 


SERVIÇO:

“Eventos Itinerantes” – 2ª edição

Data: domingo (2/4)

Local: Praça Papa João Paulo II, s/nº (Distrito de Simonsen)

Horário: das 13h às 18h

Realização: Secretaria Municipal da Cultura e Turismo

Evento gratuito | Classificação Livre

Anúncios

Visita escolar guiada resgata o passado da Estrada Boiadeira do Taboado

DSCN5264

Alunos do Colégio Unifev foram orientados pelo turismólogo responsável pelo setor de Museus e Patrimônios Históricos de Votuporanga, Evandro Ferreira

Um grupo de alunos do 1º ano do ensino médio do Colégio Unifev teve a oportunidade de participar de uma visita guiada a um trecho da Estrada Boiadeira do Taboado nesta semana. A antiga rota de tropeiros, aberta no final do século XIX, interliga mais de 25 municípios do noroeste paulista como Votuporanga, Meridiano e Valentim Gentil.

A visita dos estudantes foi organizada pelo professor de história do colégio, Paulo Eduardo Stipp, e orientada pelo turismólogo responsável pelo setor de Museus e Patrimônios Históricos da Secretaria da Cultura e Turismo de Votuporanga, Evandro Junior Ferreira da Silva, que, desde 2003, se dedica à pesquisa de temas relacionados à história da estrada.

De acordo com Evandro, há um projeto de tombamento em tramitação na Secretaria de Estado da Cultura que, caso aprovado, reconhecerá a Estrada Boiadeira como Patrimônio Cultural Paulista, facilitando a aquisição de recursos e investimentos para o desenvolvimento do turismo em Votuporanga e seus arredores. “A ideia é planejar mais roteiros monitorados ao longo do ano, para apresentar ao público as potencialidades culturais da nossa região”, ressaltou.

Para a secretária municipal da Cultura e Turismo, Silvia Stipp, que também esteve presente durante a visita, atividades como esta “contribuem não só para o resgate das memórias do povo votuporanguense, como também auxiliam na transmissão dessas narrativas históricas para as novas gerações”.

História

Fundada no ano de 1895, a Estrada Boiadeira completou 122 anos no último dia 2 de abril. A via serviu como uma importante rota comercial para o Estado de São Paulo até meados do século XX, quando passou a ser gradualmente substituída pelas estradas de ferro.

Antes disso, o caminho era um dos principais acessos utilizados pelas comitivas que transportavam boiadas vindas do Mato Grosso até os frigoríficos paulistas, em especial os do município de Barretos.

Além do gado, eram trazidos pelos boiadeiros artigos como mantimentos e remédios, que abasteciam e movimentavam a economia dos vilarejos ao redor da estrada, de maneira que muitos deles acabaram transformados em cidades.

Ainda hoje é possível se deparar com diversos vestígios que ajudam a contar a história da Boiadeira, como túmulos, casarões, vendas, capelas e até mesmo antigos trechos da estrada, que acabaram cobertos pela vegetação.

Sinfônica da Escola Municipal de Artes lota Centro de Convenções

33006291663_9c60128de9_h

Concerto com repertório de valsas atraiu mais de 370 pessoas no último domingo (2/4)

Na noite do último domingo (2/4), a Orquestra Sinfônica da Escola Municipal de Artes “João Cornachione ‘Oscarito’” lotou o Centro de Convenções “Jornalista Nelson Camargo” com a realização de um concerto gratuito, apresentando um repertório especial de valsas.

Sob a coordenação e regência do maestro Mazinho Sartori, a orquestra, que é composta por alunos e professores do “Projeto Sinfônico”, emocionou um público de mais de 370 pessoas, que teve a oportunidade de entrar em contato com releituras de obras mundialmente conhecidas, como as valsas vienenses de Johann Strauss Jr. e valsas com características tipicamente brasileiras, como a valsa canção, a valsa choro e a valsa seresta.

A abertura do concerto foi feita por uma orquestra de estudantes do módulo intermediário do “Projeto Sinfônico”, que executou cinco pequenas peças, como forma de adquirir experiência de palco e de contato com o público.

Durante o evento, os bailarinos Mariana Mattos e Rodrigo Garcia tiveram uma participação especial, apresentando números de dança, e, ao final do concerto, convidando a plateia para se unir a eles num grande baile, ao som dos “Contos dos Bosques de Viena”, de Johann Strauss Jr.

Também participaram da apresentação convidados como o músico Eugênio da Silva “Tesourinha” e o seresteiro Luiz Antônio Pagliarani.

Sobre o “Projeto Sinfônico”

A formação da orquestra da Escola Municipal de Artes “João Cornachione ‘Oscarito’” é fruto de um projeto desenvolvido pela municipalidade, intitulado “Projeto Sinfônico”, que visa o aprofundamento dos conhecimentos musicais dos alunos e o aprimoramento de técnicas de execução dos instrumentos.

Para tanto, são oferecidas aulas semanais de teoria da música, prática de conjunto, exercícios vocais, percepção auditiva, além de lições específicas para o aprendizado de cada instrumento musical.

Atualmente, frequentam os cursos regulares de música oferecidos pela Prefeitura de Votuporanga, por meio da Secretaria Municipal da Cultura e Turismo, cerca de 250 alunos. Desse total, aproximadamente 85 estudantes participam do “Projeto Sinfônico”, distribuídos em cinco modalidades: violino, viola, violoncelo, contrabaixo acústico e percussão.

Inscrições para o Projeto Guri encerram nesta sexta-feira (17)

b4785c555b94d84947f532c82c1eefa5

Matrículas para os cursos de canto coral, violino e viola clássica são gratuitas e devem ser realizadas no CEC Sonho Meu

O Projeto Guri, programa de educação musical do Governo do Estado de São Paulo em parceria com a Secretaria da Cultura e Turismo de Votuporanga, encerra suas inscrições para novos alunos nesta sexta-feira (17/3). As vagas remanescentes estão distribuídas entre os cursos de canto coral infantil (6 a 8 anos), violino e viola clássica (8 a 18 anos incompletos).

As inscrições são gratuitas e não é preciso que o aluno tenha conhecimento musical prévio. Para matricular-se no projeto, a criança ou adolescente deve estar acompanhado pelos pais ou responsáveis legais e apresentar os seguintes documentos: RG ou da certidão de nascimento do aluno, comprovante de matrícula escolar e/ou declaração de frequência escolar, RG do responsável (original e cópia) e comprovante de endereço para consulta.

As inscrições são realizadas por ordem de chegada e devem ser feitas no Polo Votuporanga do Projeto Guri, que, desde o mês de fevereiro, atende no Centro de Educação e Cidadania (CEC) “Leila Valquíria de Souza”, localizado à rua Aparecido Felício de Castro, nº 306, Conjunto Habitacional Sonho Meu. As aulas acontecem às quartas e sextas-feiras, das 13h30 às 17h30. Para mais informações, o telefone para contato é o (17) 3422-8895.

O projeto

Ao ingressar no Projeto Guri, o aluno opta pelo aprendizado de um instrumento musical, de canto coral, ou de ambos os cursos. Nas aulas são trabalhados os mais variados gêneros musicais, desde canções populares e músicas folclóricas a composições eruditas. Além de apresentar aos alunos novos estilos de música e manifestações culturais, a variedade de repertório trabalhada nos polos mantém viva as raízes culturais da própria comunidade.

Nos polos do Guri as atividades são sempre praticadas em grupo, o que estimula a participação dos alunos. Todos fazem parte de uma equipe que passa pelos mesmos desafios e aprendizado. Nas apresentações realizadas ao público, em pequenos, médios ou grandes eventos, o resultado é produto da dedicação do grupo e, ao mesmo tempo, também de cada um.

Para os jovens, participar do Projeto Guri significa unir aprendizado e satisfação. Por tudo isso, o ensino musical é a ferramenta escolhida pelo Projeto Guri para o cumprimento da sua missão de inclusão sociocultural.


SERVIÇO:

Projeto Guri | Polo Votuporanga

Endereço: CEC – Centro de Educação e Cidadania “Leila Valquíria de Souza” (Rua Aparecido Felício de Castro, nº 306, Conjunto Habitacional Sonho Meu)

Telefone: (17) 3422-8895

Inscrições: Até sexta-feira (17/3). Gratuitas

Aulas: Quartas e sextas-feiras, das 13h30 às 17h30

Final de semana tem oficinas carnavalescas gratuitas

32744089162_c2e3c89cdd_b

Atividades buscam fomentar a formação de blocos e acontecem novamente neste sábado e domingo, no Centro Cultural

A uma semana do início do carnaval, a Prefeitura de Votuporanga oferece oportunidades para a população se preparar para curtir a festa popular. Neste sábado e domingo (18 e 19/2) a Secretaria da Cultura e Turismo promove as oficinas carnavalescas gratuitas e abertas a toda comunidade no Centro de Cultura e Turismo “Marão Abdo Alfagali”, localizado no Parque da Cultura.

As atividades oferecidas são voltadas a confecção de instrumentos com materiais recicláveis e alternativos, monitorada por Jussara Belloni; confecção de adereços carnavalescos, com Isabela Preto Junqueira; e uma de ritmo e percussão, ministrada pela educadora Lena Moreira.

As oficinas são realizadas em três horários: às 10h, às 14h e às 18h. As inscrições são gratuitas e devem ser feitas no local, minutos antes do início das atividades. É importante ressaltar que crianças menores de 12 anos que quiserem participar das oficinas devem estar acompanhadas pelos pais ou responsáveis.

As capacitações buscam fomentar a formação de blocos carnavalescos, que poderão participar da programação do “Concha Folia”, nos dias 25 e 26 de fevereiro, na Concha Acústica “Professor Geraldo Alves Machado”.

Para mais informações, o telefone do Centro de Cultura e Turismo é o (17) 3405-9670.

Confira a programação completa abaixo:

SÁBADO (18/02)

Oficina de confecção de instrumentos com materiais recicláveis e alternativos, com Jussara Belloni

Horário: das 10h às 12h

Local: Sala de oficinas – Centro de Cultura e Turismo

Evento gratuito

Classificação: 12 anos (e menores acompanhados pelos pais ou responsáveis)

 

Oficina de confecção de adereços carnavalescos, com Isabela Preto Junqueira

Horário: das 14h às 16h

Local: Sala de oficinas – Centro de Cultura e Turismo

Evento gratuito

Classificação: 12 anos (e menores acompanhados pelos pais ou responsáveis)

 

Oficina de ritmo e percussão, com Lena Moreira

Horário: das 18h às 20h

Local: Palco externo – Centro de Cultura e Turismo

Evento gratuito

Classificação: 12 anos (e menores acompanhados pelos pais ou responsáveis)

 

DOMINGO (19/02)

Oficina de confecção de instrumentos com materiais recicláveis e alternativos, com Jussara Belloni

Horário: das 10h às 12h

Local: Sala de oficinas – Centro de Cultura e Turismo

Evento gratuito

Classificação: 12 anos (e menores acompanhados pelos pais ou responsáveis)

 

Oficina de confecção de adereços carnavalescos, com Isabela Preto Junqueira

Horário: das 14h às 16h

Local: Sala de oficinas – Centro de Cultura e Turismo

Evento gratuito

Classificação: 12 anos (e menores acompanhados pelos pais ou responsáveis)

 

Oficina de ritmo e percussão, com Lena Moreira

Horário: das 18h às 20h

Local: Palco externo – Centro de Cultura e Turismo

Evento gratuito

Classificação: 12 anos (e menores acompanhados pelos pais ou responsáveis)

Biblioteca Municipal recebe livro com histórias de superação do Hospital do Câncer de Barretos

dscn4675

Obra foi escrita pelo presidente da instituição, Henrique Duarte Prata

A Biblioteca Municipal “Castro Alves” recebeu, na última semana, cinco exemplares do livro “Acima de Tudo o Amor: Relatos” (Editora Gente, 256 p.), escrito pelo presidente do Hospital do Câncer de Barretos (HCB), Henrique Duarte Prata.

Produzido com patrocínio da Lei Rouanet e oferecido à Biblioteca pelo Instituto Sociocultural Hospital do Câncer de Barretos, o título reúne histórias de pacientes, funcionários, voluntários e investidores do HCB, que contam um pouco de sua trajetória e de como chegaram àquele que é um dos maiores centros de tratamento oncológico do país.

O livro é o segundo publicado por Prata, que também é autor de “Acima de Tudo o Amor: Como a fé e a solidariedade construíram o maior polo de referência nacional na luta contra o câncer” (Editora Gente, 208 p.). A obra relata os primeiros 50 anos da história do hospital por meio de fatos curiosos e de casos de solidariedade envolvendo pessoas conhecidas na mídia, como cantores, empresários e fazendeiros que, por meio de doações, ajudaram a manter o funcionamento do HCB.

Os exemplares de “Acima de Tudo o Amor: Relatos” recebidos pela Biblioteca Municipal estarão disponíveis para empréstimo e consulta do público a partir desta quarta-feira (08/02), após serem catalogados.

Sobre a Biblioteca Municipal “Castro Alves”

Localizada no segundo piso do Centro de Informações Culturais e Turísticas “Marão Abdo Alfagali”, no Parque da Cultura de Votuporanga, a Biblioteca Municipal “Castro Alves” conta com amplo acervo de livros, audiolivros, livros em Braile, periódicos, DVDs, jogos e brinquedos.

O empréstimo de livros é gratuito e aberto a toda comunidade votuporanguense. Para retirar algum título, basta que o cidadão faça um cadastro no local, tendo em mãos um documento original com foto e comprovante de endereço (conta de água ou luz).

A Biblioteca atende ao público de terça a sexta-feira, das 9h30 às 19h, e aos sábados e domingos, das 15h às 21h. Mais informações pelo telefone (17) 3405-9670.


Serviço:

Biblioteca Municipal “Castro Alves”

Atendimento: terça a sexta-feira, das 9h30 às 19h, sábados e domingos, das 15h às 21h

Endereço: Centro de Informações Culturais e Turísticas “Marão Abdo Alfagali” – Parque da Cultura de Votuporanga – Avenida Francisco Ramalho de Mendonça, 3112 – Jardim Alvorada

Telefone: (17) 3405-9670

Secretaria da Cultura e Turismo abre edital para oficinas de Carnaval

16385609119_1e0233a10a_o

Profissionais interessados em oferecer atividades carnavalescas podem se inscrever até esta quarta-feira (08/02)

A Secretaria Municipal de Cultura e Turismo da Prefeitura de Votuporanga recebe, até esta quarta-feira (08/02), inscrições para projetos que ofereçam oficinas carnavalescas, contemplando as atividades de confecção de adereços e instrumentos musicais com materiais recicláveis ou alternativos.

São aceitos projetos de oficinas para turmas compostas por até 30 participantes e direcionadas a inscritos a partir de 12 anos de idade.

As oficinas têm o intuito de fomentar a criação e estruturação de pequenos blocos de carnaval, para o evento que será realizado na Concha Acústica “Prof. Geraldo Alves Machado”.

 Os projetos deverão priorizar uma metodologia simplificada, o que inclui aulas de curto prazo, cujo principal objetivo seja o incentivo à formação dos blocos.

Os proponentes que tiverem seus projetos selecionados deverão ter disponibilidade para trabalhar durante os dias 11, 12, 18 e 19 de fevereiro de 2017, em horários previamente acordados, que deverão acontecer entre às 10h e às 20h, no Centro de Informações Culturais e Turísticas “Marão Abdo Alfagali”.

Os projetos devem ser entregues em envelope lacrado, na Secretaria da Cultura e Turismo, localizada no Centro de Informações Culturais e Turísticas “Marão Abdo Alfagali”, à Avenida Francisco Ramalho de Mendonça, 3112, Jardim Alvorada. Para mais informações, o telefone para contato é o (17) 3405-9670.

Para conferir o edital completo, clique aqui.