Concerto de abertura da Semana da Música lota Centro de Convenções

37651640855_cc03752957_o

Programação segue a partir desta terça-feira (21/11), com apresentações do coral Canto Livre e da Corporação Musical Zequinha de Abreu

 Realizada pela Prefeitura de Votuporanga, por meio da Secretaria da Cultura e Turismo, a Semana da Música começou repleta de atrações e com grande adesão do público. No último sábado (18/11), a abertura da programação ficou por conta da Orquestra Sinfônica da Escola Municipal de Artes “João Cornachione ‘Oscarito’”, que lotou o Centro de Convenções “Jornalista Nelson Camargo” com o concerto “Diversidades”.

Sob a regência do maestro Mazinho Sartori, a apresentação trouxe ao público um repertório especial, enriquecido pela participação de músicos convidados, como Bruna Lima, Eugênio da Silva “Tesourinha” e Renato Gagliardi.

Também marcaram presença durante o concerto o coral de violas “A Voz do Sertão” e alunos da rede municipal de ensino inscritos no projeto de musicalização “Música na Rede”, desenvolvido no município numa parceria entre as Secretarias da Educação e da Cultura e Turismo.

Já no domingo (19/11), o Coral Canto Livre movimentou o fim de tarde no Centro de Cultura e Turismo “Marão Abdo Alfagali”, com a apresentação do espetáculo musical “Grande Circo Humano”, comandado por Marcio Zarsi.

Terça-feira

A programação da Semana da Música continua a partir desta terça-feira (21/11), com mais uma apresentação do Coral Canto Livre, dessa vez às 20h, na sede do Grupo Espírita Maria de Nazaré, localizada na rua Leonardo Commar, nº 3179 (Pozzobon).

Ainda na terça, a Corporação Musical Zequinha de Abreu traz ao público seu tradicional repertório, a partir das 20h30, na feira livre da praça Santa Luzia.

Programação

Na quarta-feira (22/11), o Grupo de Câmara da Escola Municipal de Artes realiza uma série de apresentações, em diversos locais e horários: às 9h, na Santa Casa de Misericórdia; às 10h no AME – Ambulatório Médico de Especialidades; às 14h, no Lar São Vicente de Paulo; e às 15h, no Pronto Atendimento “Fortunata Germana Pozzobon”. Já às 20h30, na Concha Acústica “Prof. Geraldo Alves Machado”, acontece uma audição dos alunos dos cursos musicais da Escola.

A programação da quinta-feira (23/11) fica por conta da Corporação Musical Zequinha de Abreu, que se apresenta às 20h30, na feira livre da praça São Bento, e do Festival de Primavera da Coopevo/Dinâmica, que acontece também às 20h30, na Concha Acústica.

Na sexta-feira (24/11), o Grupo Gratziare apresenta um concerto para piano e cordas, às 20h30, no Centro de Convenções, com a participação dos músicos Alex Massuia, Bruna Lima, Evelyn Fiori, Fabiana Parreira, Gabriel Lopes, Jordânia Ozório, Kelly Soares, Maria Fernanda Brigati e Mariane Lagoin.

Encerrando a programação do evento, o final de semana será marcado pela realização do espetáculo musical Symphonic Rock, no sábado (25/11), às 20h30, na Concha Acústica; e por uma apresentação especial da Corporação Musical Zequinha de Abreu, que traz ao público um repertório com sucessos do cantor e compositor Roberto Carlos, no domingo (26/11), às 20h30, no Centro de Convenções.

 

Anúncios

Votuporanga tem peça teatral gratuita neste sábado

38206589872_221ab69db9_o

Espetáculo “Eu, Chaplin” será apresentado no Centro de Convenções, às 20h30

Neste sábado (11/11), Votuporanga recebe mais uma atividade do Circuito Cultural Paulista. Às 20h30, o Centro de Convenções “Jornalista Nelson Camargo” sedia uma apresentação gratuita do espetáculo teatral “Eu, Chaplin”, idealizado e encenado pela Cia. Imperial do Brasil.

A peça será seguida de um bate-papo com o elenco e os ingressos devem ser retirados com uma hora de antecedência, na bilheteria do local.

O evento é uma realização da Secretaria da Cultura do Governo do Estado de São Paulo e Ministério da Cultura, em parceria com a Prefeitura de Votuporanga, por meio da Secretaria Municipal da Cultura e Turismo, e execução da Associação Paulista dos Amigos da Arte (APAA).

Sobre o espetáculo

Com texto de Leandro D’Errico e direção de Ralph Maizza, “Eu, Chaplin” parte de um olhar sobre a infância do ator e cineasta Charles Chaplin (1889 – 1977) para traçar uma reflexão a respeito dos arquétipos do inconsciente humano.

Livremente inspirado em “Minha Vida”, autobiografia de Chaplin, o espetáculo vai além da história de um dos maiores humoristas de todos tempos, com o objetivo de pensar o próprio teatro e lançar observações sobre a construção da personalidade.

A partir de um encontro ficcional entre Chaplin e seu irmão Sid, num ambiente que alude a um consultório psiquiátrico, emergem episódios marcantes da vida do ator, que servem de suporte para uma discussão acerca do valor da arte e das angústias do artista.

Integram o elenco os atores Tadeu Pinheiro, Leandro D’Errico e Fernanda Zaborowsky. A peça conta ainda com cenário assinado por Marisa Bentivegna, figurino de Leandro Benites e iluminação de Denilson Marques.

“Eu, Chaplin” é um espetáculo realizado por meio do Programa de Ação Cultural do Governo do Estado de São Paulo (ProAC) e da Secretaria de Estado da Cultura, com produção da Caboclas Produções e patrocínio da Plastek do Brasil.

 


SERVIÇO:

Espetáculo teatral “Eu, Chaplin”, da Cia. Imperial do Brasil, seguido de bate-papo com o elenco

Data: sábado (11/11)

Horário: 20h30

Local:  Centro de Convenções “Jornalista Nelson Camargo” (Av. dos Bancários, nº 3299 – Jardim Alvorada)

Ingressos: gratuitos, devem ser retirados com uma hora de antecedência, na bilheteria do Centro de Convenções

Realização: Secretaria da Cultura do Governo do Estado de São Paulo e Ministério da Cultura, em parceria com a Prefeitura de Votuporanga, por meio da Secretaria Municipal da Cultura e Turismo, e execução da Associação Paulista dos Amigos da Arte (APAA).

Evento gratuito | Classificação: 12 anos

Circuito Cultural Paulista traz espetáculo “Eu, Chaplin” para Votuporanga

38206589872_221ab69db9_o

Peça teatral será apresentada gratuitamente, neste sábado (11/11), às 20h30, no Centro de Convenções

Neste sábado (11/11), o Centro de Convenções “Jornalista Nelson Camargo” recebe o espetáculo teatral “Eu, Chaplin”, idealizado e encenado pela Cia. Imperial do Brasil. A peça terá início às 20h30 e será seguida de um bate-papo com o elenco. A entrada é gratuita e os ingressos devem ser retirados com uma hora de antecedência, na bilheteria do local.

A apresentação vem a Votuporanga como parte da programação do Circuito Cultural Paulista, realizado pela Secretaria da Cultura do Governo do Estado de São Paulo e Ministério da Cultura, em parceria com a Prefeitura de Votuporanga, por meio da Secretaria Municipal da Cultura e Turismo, e execução da Associação Paulista dos Amigos da Arte (APAA).

Com texto de Leandro D’Errico e direção de Ralph Maizza, “Eu, Chaplin” parte de um olhar sobre a infância do ator e cineasta Charles Chaplin (1889 – 1977) para traçar uma reflexão a respeito dos arquétipos do inconsciente humano.

Livremente inspirado em “Minha Vida”, autobiografia de Chaplin, o espetáculo vai além da história de um dos maiores humoristas de todos tempos para pensar o próprio teatro e lançar observações sobre a construção da personalidade.

A partir de um encontro ficcional entre Chaplin e seu irmão Sid, num ambiente que alude a um consultório psiquiátrico, emergem episódios marcantes da vida do ator, que servem de suporte para uma discussão acerca do valor da arte e das angústias do artista.

Integram o elenco os atores Tadeu Pinheiro, Leandro D’Errico e Fernanda Zaborowsky. A peça conta ainda com cenário assinado por Marisa Bentivegna, figurino de Leandro Benites e iluminação de Denilson Marques.

“Eu, Chaplin” é um espetáculo realizado por meio do Programa de Ação Cultural do Governo do Estado de São Paulo (ProAC) e da Secretaria de Estado da Cultura, com produção da Caboclas Produções e patrocínio da Plastek do Brasil.


SERVIÇO:

Espetáculo teatral “Eu, Chaplin”, da Cia. Imperial do Brasil, seguido de bate-papo com o elenco

Data: sábado (11/11)

Horário: 20h30

Local:  Centro de Informações Culturais e Turísticas “Marão Abdo Alfagali” (Av. Francisco Ramalho, nº 3112, Jardim Alvorada | Parque da Cultura)

Ingressos: gratuitos, devem ser retirados com uma hora de antecedência, na bilheteria do Centro de Convenções

Realização: Secretaria da Cultura do Governo do Estado de São Paulo e Ministério da Cultura, em parceria com a Prefeitura de Votuporanga, por meio da Secretaria Municipal da Cultura e Turismo, e execução da Associação Paulista dos Amigos da Arte (APAA).

Evento gratuito | Classificação: 10 anos

Escola Municipal de Artes promove recital de música de câmara, nesta sexta-feira (29/9)

23243278575_b79949a6dc_o

Alunos e professores da instituição se apresentam a partir das 20h30, no Centro de Convenções

Nesta sexta-feira (29/9), alunos e professores da Escola Municipal de Artes “João Cornachione ‘Oscarito’”, mantida pela Prefeitura de Votuporanga, por meio da Secretaria da Cultura e Turismo, sobem ao palco do Centro de Convenções “Jornalista Nelson Camargo”, a partir das 20h30, para um recital de música de câmara. O evento é gratuito e aberto a toda a comunidade.

A apresentação contará com formações instrumentais diversas, que vão desde o duo de violino e piano até trios, quartetos e quintetos de cordas, com violino, viola, violoncelo e contrabaixo. No repertório, peças de compositores consagrados da música erudita, como Antonio Vivaldi, Dmitri Shostakovich e Wolfgang Amadeus Mozart, executadas em versões originais; além de obras populares e estudos, em arranjos especialmente elaborados para cada conjunto instrumental.

A proposta do recital, de acordo com o maestro Mazinho Sartori, diretor da Escola Municipal de Artes, é “proporcionar aos estudantes uma vivência de palco e de contato com o público, de uma maneira mais expositiva”.

O maestro também destaca que, tanto para os pais dos alunos quanto para o público em geral, apresentações como esta são oportunidades para conhecer e acompanhar o trabalho realizado pelos jovens músicos no decorrer do processo de aprendizado.

 Sobre a música de câmara

O nome “música de câmara” tem origem na relação da palavra “câmara” como sinônimo de quarto, sala ou qualquer pequeno cômodo de palácios, onde, no passado, diminutos grupos de músicos tocavam para seus soberanos.

Os alunos do Projeto Sinfônico da Escola Municipal de Artes desenvolvem recitais de música de câmara como parte da grade curricular dos cursos oferecidos pela instituição. O objetivo das apresentações é o de aprofundar e aprimorar o estudo dos instrumentos, sempre em busca da excelência no aprendizado musical.


SERVIÇO:

Recital de música de câmara da Escola Municipal de Artes

Data: sexta-feira (29/9)

Horário: 20h30

Local: Centro de Convenções “Jornalista Nelson Camargo” (Av. dos Bancários, 3299 – Jardim Alvorada)

Realização: Prefeitura de Votuporanga, por meio da Secretaria da Cultura e Turismo

Evento gratuito | Classificação: Livre

Teatro: 7ª edição do Sarau do NIAC será neste domingo (24/9), no Centro de Convenções

SARAU (11)

Alunos do Núcleo de Iniciação às Artes Cênicas se apresentam com o espetáculo “Pluralidades”, a partir das 20h30

Neste domingo (24/9), a partir das 20h30, será realizada a 7ª edição do Sarau do Núcleo de Iniciação às Artes Cênicas (NIAC), no Centro de Convenções “Jornalista Nelson Camargo”. A entrada é gratuita e aberta a todos os públicos. O NIAC é mantido pela Prefeitura de Votuporanga, por meio da Secretaria de Cultura e Turismo.

Durante o espetáculo, que nessa edição tem como tema a pluralidade cultural, o público poderá conferir apresentações de cenas que abordam linguagens como teatro, música, expressão corporal e dança. Os alunos do Núcleo interpretarão fragmentos de textos, inclusive autorais, baseados em suas pesquisas e no conteúdo das aulas desenvolvidas pelo projeto ao longo do último bimestre.

O sarau tem coordenação de Graziella Fuscaldo, com iluminação assinada por Rupert Azevedo e colaboração de Maurício Fuscaldo e Renan Carvalho.

Sobre o NIAC

O NIAC é mantido pela Prefeitura de Votuporanga, por meio da Secretaria de Cultura e Turismo, e trata-se de um espaço de encontro, experimentação, troca de conhecimento e convivência de artistas iniciantes do município.

As aulas do Núcleo acontecem, regularmente, às segundas e quintas-feiras, das 19h às 22h, na Escola Municipal de Artes “João Cornachione ‘Oscarito’”, sediada na rua São Paulo, nº 3456 (Patrimônio Novo). Os interessados podem integrar-se às atividades imediatamente, realizando a inscrição no local.


SERVIÇO

“6º Sarau do Núcleo de Iniciação às Artes Cênicas (NIAC) – Pluralidades”

Data: domingo (24/9)

Local: Centro de Convenções “Jornalista Nelson Camargo” (Av. dos Bancários, nº 3299 – Jardim Alvorada)

Horário: 20h30

Evento gratuito | Classificação: Livre

Votuporanga recebe oficina de expressão corporal e espetáculo teatral “Quero Ser Preto”

35224900794_a251b562c0_k

Atividades gratuitas acontecem no próximo dia 5 de agosto, no Centro de Convenções

No próximo dia 5 de agosto (sábado), o palco do Centro de Convenções “Jornalista Nelson Camargo” recebe o espetáculo teatral “Quero Ser Preto”, executado numa coprodução entre o Núcleo Arcênico de Criações, a Companhia Azul Celeste e o escritório de arte Casa de Criar, de São José do Rio Preto (SP).

A apresentação é realizada em parceria com a Secretaria da Cultura e Turismo da Prefeitura de Votuporanga e conta com o incentivo do Programa de Ação Cultural (ProAC) da Secretaria da Cultura do Governo do Estado de São Paulo.

“Quero Ser Preto” reúne dança, teatro e artes integradas para refletir a respeito do preconceito em suas diferentes formas: social, cultural, racial e de gênero.

Dirigido e roteirizado por Jorge Vermelho, com dramaturgia de Cintia Alves, o espetáculo conta com um processo de criação fundamentado na triangulação da subjetividade dos artistas idealizadores com a diversidade apresentada no coletivo, tendo como eixo condutor a profusão de ícones religiosos como catalizadores de identidade.

Integram o elenco da apresentação os atores Alexandre Manchini Jr., juny kp! e Marina Rico.

Em Votuporanga, o espetáculo será apresentado numa sessão gratuita, às 20h. A retirada dos ingressos deve ser realizada com alguns minutos de antecedência ao início da peça, na bilheteria do Centro de Convenções, localizado na avenida dos Bancários, nº 3299, Jardim Alvorada.

Oficina “Consciência Corporal na Cena”

Além da apresentação do espetáculo “Quero Ser Preto”, Votuporanga recebe, também no sábado (5/8), a oficina “Consciência Corporal na Cena”, ministrada pelo ator e integrante do elenco da peça, Alexandre Manchini Jr.

A atividade gratuita tem como público-alvo atores e bailarinos e acontece das 15h às 17h, na Pinacoteca do Centro de Convenções “Jornalista Nelson Camargo”. A oficina apresentará aos participantes a importância de se conhecer o próprio corpo na realização de cenas, interpretações e apresentações.

Ao todo, foram disponibilizadas 30 vagas. As inscrições podem ser feitas entre os dias 27 de julho e 4 de agosto, de terça a sexta-feira, das 9h30 às 19h, na Secretaria da Cultura e Turismo de Votuporanga, localizada junto ao Centro de Informações Culturais e Turísticas, na avenida Francisco Ramalho de Mendonça, nº 3112, Jardim Alvorada.

Sobre o oficineiro

Alexandre Manchini Jr. é bacharel em Artes Cênicas pela Universidade Estadual de Londrina (UEL), fundador e diretor artístico do Núcleo Arcênico de Criações e integrante das companhias teatrais Azul Celeste, Hecatombe e Cia. para Pessoas Solitárias. Em São Paulo, participou de montagens do Centro de Artes Cênicas da USP e da companhia de dança Corpos Nômades. Em Rio Preto, foi coordenador técnico do Festival Internacional de Teatro (FIT), em 2012 e 2013; do Fórum Paulista de Dança, em 2012; e do Festival Janeiro Brasileiro da Comédia, em 2014.


SERVIÇO:

Espetáculo teatral “Quero Ser Preto”

Data: 5 de agosto (sábado)

Local: Centro de Convenções “Jornalista Nelson Camargo” (Avenida dos Bancários, nº 3299, Jardim Alvorada)

Horário: 20h

Realização: Núcleo Arcênico de Criações, Companhia Azul Celeste e Casa de Criar, em parceria com a Secretaria da Cultura e Turismo de Votuporanga e incentivo do Programa de Ação Cultural (ProAC) da Secretaria da Cultura do Governo do Estado de São Paulo

Evento gratuito | Classificação: 16 anos

 

Oficina “Consciência Corporal na Cena”

Data: 5 de agosto (sábado)

Local: Centro de Convenções “Jornalista Nelson Camargo” (Avenida dos Bancários, nº 3299, Jardim Alvorada)

Horário: das 15h às 17h

Realização: Núcleo Arcênico de Criações, Companhia Azul Celeste e Casa de Criar, em parceria com a Secretaria da Cultura e Turismo de Votuporanga e incentivo do Programa de Ação Cultural (ProAC) da Secretaria da Cultura do Governo do Estado de São Paulo

Inscrições: de 27/7 a 4/8, de terça a sexta-feira, das 9h30 às 19h, na Secretaria da Cultura e Turismo de Votuporanga (Av. Francisco Ramalho de Mendonça, nº 3112 – Jardim Alvorada)

Evento gratuito | Classificação: 16 anos

Coral “Canto Livre” apresenta espetáculo “Grande Circo Humano” nesta sexta-feira (30/6)

Grande Circo Humano CARTAZ

Apresentação gratuita acontece às 20h30, no Centro de Convenções “Jornalista Nelson Camargo”

Nesta sexta-feira (30/6), a partir das 20h30, o Projeto Coral “Canto Livre” apresenta o espetáculo “Grande Circo Humano”, no palco do Centro de Convenções “Jornalista Nelson Camargo”.  A apresentação é resultado dos encontros semanais do coral, realizados na Escola Municipal de Artes “João Cornachione ‘Oscarito’”, numa iniciativa da Prefeitura de Votuporanga, por meio da Secretaria Municipal da Cultura e Turismo.

Com um repertório composto essencialmente por canções da Música Popular Brasileira, “Grande Circo Humano” apresenta ao público diversos temas ligados ao “picadeiro da vida humana”. No palco, 50 coralistas de diversas idades interpretam canções de grandes nomes da MPB, como Milton Nascimento, Rita Lee e João Donato.

O evento é gratuito e contará com a presença dos músicos Éder Saladini (bateria) e Rita Rebouças (violão e voz), convidados para construírem a base instrumental do repertório, em conjunto com o piano e a regência de Marcio Zarsi.

De acordo com Zarsi, a ideia original da apresentação nasceu a partir da canção “Gran Circo”, composta por Milton Nascimento e Márcio Borges: “Na letra, encontramos uma trupe chegando com sua ‘lona suja: o grande circo humano’. E segue dizendo que ‘no meio desse picadeiro vão acontecer morte, glória e surpresas no final da história’. Esse foi o ‘gancho’ para chegarmos ao espetáculo. A plateia irá se deparar com as acrobacias na história de nosso povo, com as comédias e os dramas rotineiros, com a corda bamba nos relacionamentos, entre tantos outros momentos”, afirmou o regente.

Sobre o Projeto Coral “Canto Livre”

O Projeto Coral “Canto Livre” é uma ação de iniciação musical, desenvolvida pela Prefeitura de Votuporanga, por meio da Secretaria Municipal da Cultura e Turismo, em parceria com a Zarsi Produções Artísticas, visando ao desenvolvimento de técnicas vocais com aulas práticas, teóricas e de história da música para os públicos jovem e adulto.

Entre os objetivos do projeto estão: incentivar a prática do canto coral e o desenvolvimento das potencialidades musicais dos participantes; trabalhar técnicas como respiração, fonação, projeção vocal e corporal, visando a melhoria da expressão interpretativa; e iniciar os participantes na teoria musical e na história da Música Popular Brasileira, por meio do conhecimento da biografia de importantes nomes do cancioneiro nacional.

Circuito Cultura Paulista traz o violeiro Yassir Chediak a Votuporanga, neste domingo (4/6)

Viola-Brasileira-Solo-0-Roger-Spock2

Apresentação gratuita acontece às 20h30, no Centro de Convenções “Jornalista Nelson Camargo”

Neste domingo (4/6), às 20h30, o palco do Centro de Convenções “Jornalista Nelson Camargo” recebe o músico Yassir Chediak, numa apresentação de viola brasileira solo. A atração é gratuita e integra a programação do segundo bimestre de atividades de 2017 do Circuito Cultural Paulista, realizado pela Secretaria da Cultura do Governo do Estado de São Paulo, em parceria com a Prefeitura de Votuporanga, por meio da Secretaria Municipal da Cultura e Turismo, e com execução da Associação Paulista dos Amigos da Arte (APAA).

Yassir Chediak é violeiro, cantor, ator, produtor e apresentador. Como autor de trilhas sonoras e ator, participou de filmes e novelas da Rede Globo e emplacou sua versão de “Anunciação”, de Alceu Valença, na novela “Paraíso”. Entre suas composições estão: “Estradas”, do seriado “Carga Pesada”; “Brasil Caminhoneiro”, do programa homônimo, exibido pelo SBT; e “Aroma que Inebria”, escrita em parceria com Rodrigo Sater e incluída na trilha sonora da novela “Morde e Assopra”.

Atualmente, Yassir é apresentador dos programas “Brasil Caminhoneiro”, no SBT, e “Brasil Regional”, da rádio Roquete Pinto do Rio de Janeiro, no qual resgata um repertório de raízes brasileiras. Na televisão, é também colaborador de projetos especiais do Canal Rural.

Como músico, Chediak está lançando seu quarto álbum, “Mundo Afora”, com participação de Sérgio Reis, e, neste ano de 2017, se prepara para a sua primeira turnê nos Estados Unidos.

Com mais de 20 anos de carreira, o artista se destaca no cenário da música regional brasileira e é um dos responsáveis pela preservação da viola de 10 cordas. Sérgio Reis, Almir Sater, Paula Fernandes, Jorge Mautner e Jaime Alem são alguns dos nomes que participaram de seus últimos trabalhos.

Nos shows realizados Brasil afora, Yassir resgata clássicos do cancioneiro regional e apresenta seu repertório autoral e inédito, mesclando harmonia, melodia e virtuosismo.


SERVIÇO:

“Viola Brasileira Solo”, com Yassir Chediak

Data: domingo (4/6)

Local: Centro de Convenções “Jornalista Nelson Camargo” (Av. dos Bancários, 3299 – Jardim Alvorada)

Horário: 20h30

Realização: Secretaria da Cultura do Governo do Estado de São Paulo, em parceria com a Prefeitura de Votuporanga, por meio da Secretaria Municipal da Cultura e Turismo, e execução da Associação Paulista dos Amigos da Arte (APAA)

Evento gratuito | Classificação: Livre 

 

Virada Cultural Paulista dá show de cultura e arte em Votuporanga

34969190585_fee819126e_k

Sediado em três palcos, evento recebeu mais 34 mil pessoas ao longo do final de semana

O final de semana foi repleto de arte e cultura em Votuporanga. No último sábado (27/5) e domingo (28/5), o município recebeu a programação da Virada Cultural Paulista 2017, que reuniu mais de 34 mil pessoas, com uma série de apresentações gratuitas, tanto de atrações de renome nacional quanto de artistas locais.

A realização é do Ministério da Cultura e Secretaria da Cultura do Estado de São Paulo, com correalização da Prefeitura de Votuporanga, por meio da Secretaria da Cultura e Turismo e execução da Associação Paulista de Amigos da Arte (APAA).

Entre os principais nomes que passaram pela Virada Cultural estão o rapper Projota, a banda de rock Strike, a dupla sertaneja Cezar e Paulinho e a cantora Zu Laiê. Além da música, a programação ainda contemplou artistas e grupos pertencentes a diversas modalidades, incluindo dança, teatro, literatura, stand-up comedy e cultura popular. Alguns dos destaques foram o espetáculo “Cabaré Fucô”, da companhia teatral paulistana Os Satyros; as atrizes Cristiane Wersom e Marianna Armellini, com a peça “Mulheres Ácidas” e o grupo de contação de histórias Parampará.

Neste ano, as atividades do evento foram distribuídas em três palcos distintos espalhados pela cidade: o Palco Externo, localizado na Concha Acústica “Prof. Geraldo Alves Machado”; o Palco Interno, no Centro de Convenções “Jornalista Nelson Camargo” e o Palco Paralelo, sediado no Centro de Informações Culturais e Turísticas “Marão Abdo Alfagali”, no Parque da Cultura.

De acordo com a secretária municipal da Cultura e Turismo, Silvia Stipp, “essa edição da Virada Cultural foi uma grata surpresa para Votuporanga, tanto pela alta qualidade da programação escalada para a cidade, quanto pela grande adesão do público”: “sem dúvida, um dos destaques do evento foi a inclusão do Palco Paralelo, no Centro de Cultura e Turismo, permitindo que nossos artistas locais tivessem a oportunidade de apresentar seu trabalho. Gostaria de agradecer à parceria do Governo do Estado de São Paulo e ao prefeito João Dado, que confiou nessa parceria e nos ofereceu todo o apoio”, finalizou Silvia.

Coletivo teatral votuporanguense é selecionado para receber orientação artística de programa do Estado

00000001549083908894920082921

Grupo Abayomi & Arca Cia. de Teatro será orientado pela diretora, atriz e produtora Valéria Lauand, por meio do Programa de Qualificação em Artes

O Grupo Abayomi & Arca Cia. de Teatro, de Votuporanga, foi selecionado para receber orientação artística do Programa de Qualificação em Artes, realizado pela Poiesis – Organização Social de Cultura, parceira da Secretaria de Estado da Cultura e responsável pela administração das Oficinas Culturais do Estado de São Paulo.

Ao longo de sete meses, a produtora, diretora e atriz Valéria Lauand virá a Votuporanga, quinzenalmente, com o intuito de orientar o trabalho do coletivo, formado por Esmeraldina Reis, Luana Zafani, Dênis Figueiredo, Denis Azevedo e Juliana Rocha, além dos convidados de direção e elenco, Rupert Azevedo e Gigio Mantovani, respectivamente.

Os encontros serão viabilizados com recursos da Prefeitura de Votuporanga, por meio da Secretaria da Cultura e Turismo. A primeira capacitação será realizada neste domingo (7/5), das 8h às 14h, no Centro de Convenções “Jornalista Nelson Camargo”.

O projeto do grupo votuporanguense selecionado pelo Programa de Qualificação em Artes é intitulado “Teatro do Absurdo” e contempla a montagem da peça “A Cantora Careca”, do dramaturgo romeno Eugène Ionesco (1909-1994).

Para Esmeraldina Reis, coordenadora do Grupo Abayomi & Arca Cia. de Teatro, a seleção do coletivo pelo programa “representa um novo desafio, que exigirá do grupo um aprofundado trabalho de pesquisa”. “Esperamos que essa oportunidade auxilie na consolidação das companhias locais. Nosso grupo é formado por duas companhias independentes, Abayomi Cia. de Teatro e Cia. Arca de Teatro, que se juntaram para a elaboração de um projeto em comum, mas mantendo, em paralelo, seus respectivos trabalhos”, completa Esmeraldina.

De acordo com a secretária municipal da Cultura e Turismo, Silvia Stipp, a orientação artística fornecida pelo Programa de Qualificação em Artes “permite que os artistas locais recebam instruções nas áreas de dança e artes cênicas” e, com isso, “adquiram um olhar técnico sobre o acompanhamento e o desenvolvimento de produções voltadas para a própria comunidade na qual estão inseridos”.

Sobre o Programa de Qualificação em Artes

Desde o ano de 2014, a Secretaria de Cultura do Governo do Estado de São Paulo realiza, por meio de um contrato de gestão com a POIESIS – Organização Social de Cultura, o Programa de Qualificação em Artes, composto pelos Projetos Ademar Guerra (Teatro) e Qualificação em Dança, tendo como ação principal a orientação técnica e artística, contribuindo para a qualificação e a capacitação de artistas que atuam em grupos, companhias ou coletivos no interior, litoral e região metropolitana do Estado, com exceção da capital.

Esta tem como base a experiência bem-sucedida do Projeto Ademar Guerra, realizado há 18 anos, que se mostrou um exemplo de boas práticas em políticas públicas de formação em artes, com foco na descentralização e interiorização.

O Programa de Qualificação em Artes responde as reflexões atuais no campo da cultura e das artes, com princípios relevantes nas práticas e na literatura internacional e que integram os eixos, a saber: diversidade e direitos culturais, democratização da cultura, democracia cultural, herança cultural e voz criativa; dentro de ações que envolvem: formação de repertório, criação, experimentação, articulação, aperfeiçoamento artístico e mediação cultural.