Circuito Cultural Paulista traz peça infantil gratuita para Votuporanga

facebook_1503085000607

Espetáculo teatral “A Saga de Dom Quixote e Sancho Pança” será apresentado no Centro de Cultura e Turismo

No dia 27 de agosto (domingo), Votuporanga recebe o espetáculo teatral infantil “A Saga de Dom Quixote e Sancho Pança”. A peça será apresentada gratuitamente no Centro de Informações Culturais e Turísticas “Marão Abdo Alfagali”, às 19h30, como parte da programação do Circuito Cultural Paulista, realizado pela Secretaria da Cultura do Governo do Estado de São Paulo e Ministério da Cultura, em parceria com a Prefeitura de Votuporanga, por meio da Secretaria Municipal da Cultura e Turismo, e com execução da Associação Paulista dos Amigos da Arte (APAA).

Com humor típico da chamada “comédia pastelão” e da linguagem do palhaço, a peça resgata as andanças do famoso cavaleiro Dom Quixote de La Mancha e de seu engenhoso escudeiro, Sancho Pança, como se ambos tivessem acabado de saltar das páginas de um livro para convidar a plateia a viver suas aventuras. Divertida do começo ao fim, a apresentação promove um inesperado encontro entre o público e a obra-prima do escritor espanhol Miguel de Cervantes.

Com características de intervenção cênica, “A Saga de Dom Quixote e Sancho Pança” é uma peça criado pelos atores Lincoln Leite Joaquim e Marcelo Guedes, que também integram o elenco do espetáculo.

A direção é de Erike Bussoni, com figurinos e cenografia do PalhAssada Ateliê, e maquiagem de Fábio Domingues. As músicas do espetáculo também são de autoria de Lincoln Joaquim e Marcelo Guedes, que ainda assinam a produção geral, em parceria com a companhia teatral Universo Cultural da M.A.T.I.L.D.E.


SERVIÇO:

Espetáculo teatral “A Saga de Dom Quixote e Sancho Pança”, com Lincoln Leite Joaquim e Marcelo Guedes

Data: 27 de agosto, domingo

Horário: 19h30

Local:  Centro de Informações Culturais e Turísticas “Marão Abdo Alfagali” (Av. Francisco Ramalho, nº 3112, Jardim Alvorada | Parque da Cultura)

Realização: Secretaria da Cultura do Governo do Estado de São Paulo e Ministério da Cultura, em parceria com a Prefeitura de Votuporanga, por meio da Secretaria Municipal da Cultura e Turismo, e execução da Associação Paulista dos Amigos da Arte (APAA).

Evento gratuito | Classificação Livre

Anúncios

Circuito Cultura Paulista traz o violeiro Yassir Chediak a Votuporanga, neste domingo (4/6)

Viola-Brasileira-Solo-0-Roger-Spock2

Apresentação gratuita acontece às 20h30, no Centro de Convenções “Jornalista Nelson Camargo”

Neste domingo (4/6), às 20h30, o palco do Centro de Convenções “Jornalista Nelson Camargo” recebe o músico Yassir Chediak, numa apresentação de viola brasileira solo. A atração é gratuita e integra a programação do segundo bimestre de atividades de 2017 do Circuito Cultural Paulista, realizado pela Secretaria da Cultura do Governo do Estado de São Paulo, em parceria com a Prefeitura de Votuporanga, por meio da Secretaria Municipal da Cultura e Turismo, e com execução da Associação Paulista dos Amigos da Arte (APAA).

Yassir Chediak é violeiro, cantor, ator, produtor e apresentador. Como autor de trilhas sonoras e ator, participou de filmes e novelas da Rede Globo e emplacou sua versão de “Anunciação”, de Alceu Valença, na novela “Paraíso”. Entre suas composições estão: “Estradas”, do seriado “Carga Pesada”; “Brasil Caminhoneiro”, do programa homônimo, exibido pelo SBT; e “Aroma que Inebria”, escrita em parceria com Rodrigo Sater e incluída na trilha sonora da novela “Morde e Assopra”.

Atualmente, Yassir é apresentador dos programas “Brasil Caminhoneiro”, no SBT, e “Brasil Regional”, da rádio Roquete Pinto do Rio de Janeiro, no qual resgata um repertório de raízes brasileiras. Na televisão, é também colaborador de projetos especiais do Canal Rural.

Como músico, Chediak está lançando seu quarto álbum, “Mundo Afora”, com participação de Sérgio Reis, e, neste ano de 2017, se prepara para a sua primeira turnê nos Estados Unidos.

Com mais de 20 anos de carreira, o artista se destaca no cenário da música regional brasileira e é um dos responsáveis pela preservação da viola de 10 cordas. Sérgio Reis, Almir Sater, Paula Fernandes, Jorge Mautner e Jaime Alem são alguns dos nomes que participaram de seus últimos trabalhos.

Nos shows realizados Brasil afora, Yassir resgata clássicos do cancioneiro regional e apresenta seu repertório autoral e inédito, mesclando harmonia, melodia e virtuosismo.


SERVIÇO:

“Viola Brasileira Solo”, com Yassir Chediak

Data: domingo (4/6)

Local: Centro de Convenções “Jornalista Nelson Camargo” (Av. dos Bancários, 3299 – Jardim Alvorada)

Horário: 20h30

Realização: Secretaria da Cultura do Governo do Estado de São Paulo, em parceria com a Prefeitura de Votuporanga, por meio da Secretaria Municipal da Cultura e Turismo, e execução da Associação Paulista dos Amigos da Arte (APAA)

Evento gratuito | Classificação: Livre 

 

Virada Cultural Paulista dá show de cultura e arte em Votuporanga

34969190585_fee819126e_k

Sediado em três palcos, evento recebeu mais 34 mil pessoas ao longo do final de semana

O final de semana foi repleto de arte e cultura em Votuporanga. No último sábado (27/5) e domingo (28/5), o município recebeu a programação da Virada Cultural Paulista 2017, que reuniu mais de 34 mil pessoas, com uma série de apresentações gratuitas, tanto de atrações de renome nacional quanto de artistas locais.

A realização é do Ministério da Cultura e Secretaria da Cultura do Estado de São Paulo, com correalização da Prefeitura de Votuporanga, por meio da Secretaria da Cultura e Turismo e execução da Associação Paulista de Amigos da Arte (APAA).

Entre os principais nomes que passaram pela Virada Cultural estão o rapper Projota, a banda de rock Strike, a dupla sertaneja Cezar e Paulinho e a cantora Zu Laiê. Além da música, a programação ainda contemplou artistas e grupos pertencentes a diversas modalidades, incluindo dança, teatro, literatura, stand-up comedy e cultura popular. Alguns dos destaques foram o espetáculo “Cabaré Fucô”, da companhia teatral paulistana Os Satyros; as atrizes Cristiane Wersom e Marianna Armellini, com a peça “Mulheres Ácidas” e o grupo de contação de histórias Parampará.

Neste ano, as atividades do evento foram distribuídas em três palcos distintos espalhados pela cidade: o Palco Externo, localizado na Concha Acústica “Prof. Geraldo Alves Machado”; o Palco Interno, no Centro de Convenções “Jornalista Nelson Camargo” e o Palco Paralelo, sediado no Centro de Informações Culturais e Turísticas “Marão Abdo Alfagali”, no Parque da Cultura.

De acordo com a secretária municipal da Cultura e Turismo, Silvia Stipp, “essa edição da Virada Cultural foi uma grata surpresa para Votuporanga, tanto pela alta qualidade da programação escalada para a cidade, quanto pela grande adesão do público”: “sem dúvida, um dos destaques do evento foi a inclusão do Palco Paralelo, no Centro de Cultura e Turismo, permitindo que nossos artistas locais tivessem a oportunidade de apresentar seu trabalho. Gostaria de agradecer à parceria do Governo do Estado de São Paulo e ao prefeito João Dado, que confiou nessa parceria e nos ofereceu todo o apoio”, finalizou Silvia.

Votuporanga recebe espetáculo com a atriz Renata Sorrah nesta quinta-feira (20/4)

229053_421216_184_td_renata_sorrah_4-1364x768

Peça teatral será apresentada no Centro de Convenções, às 20h30; ingressos devem ser retirados com duas horas de antecedência

O Centro de Convenções “Jornalista Nelson Camargo” receberá, nesta quinta-feira (20/4), às 20h30, o espetáculo teatral “Esta Criança”, montado pela Companhia Brasileira de Teatro e protagonizado pela atriz global Renata Sorrah. A peça integra a programação para o primeiro bimestre de 2017 do Circuito Cultural Paulista, realizado pela Secretaria de Estado da Cultura, em parceria com a Prefeitura de Votuporanga, e com execução da Associação Paulista dos Amigos da Arte (APAA).

A apresentação é gratuita e poderão ser retirados até dois ingressos por pessoa, a partir das 18h30 de quinta-feira (20/4), na bilheteria do Centro de Convenções.

Além de Renata Sorrah, estão no elenco os atores Giovana Soar, Ranieri Gonzalez e Edson Rocha. A direção da peça é de Marcio Abreu, com cenário de Fernando Marés e iluminação e assistência de direção de Nadja Naira. A tradução do texto original é de Giovana Soar, com a colaboração de Lilian Ruth de Sá.

Sobre o espetáculo

Vencedor de quatro Prêmios Shell de Teatro, o espetáculo “Esta Criança” tornou-se um dos grandes destaques dos palcos brasileiros. Dirigida por Marcio Abreu, a peça iniciou a parceria da Companhia Brasileira de Teatro com a atriz Renata Sorrah e é a primeira montagem no país de um texto do dramaturgo francês Joël Pommerat, vencedor do Prêmio Molière de “Melhor Autor em Língua Francesa”, em 2011.

O espetáculo parte da relação entre pais e filhos para uma reflexão sobre a família e a existência humana. Estruturada em dez cenas curtas, a peça aborda diferentes aspectos dos relacionamentos familiares, passando por situações engraçadas, constrangedoras, de agressão e de desabafo.

No palco, os quatro atores vivem diferentes papeis, em histórias que parecem não desconectadas entre si, mas que, na verdade, compõem um único painel, trazendo diferentes pontos de vista para um tema em comum, numa convergência reflexiva e dramática sobre as relações humanas.

Sobre a Companhia Brasileira de Teatro

A Companhia Brasileira de Teatro é um coletivo de artistas de várias regiões do país, fundado pelo dramaturgo e diretor Marcio Abreu, em 2000, na cidade de Curitiba, onde mantém sua sede, num antigo prédio do Centro Histórico.

A pesquisa da Companhia é voltada sobretudo para novas formas de escrita e para a criação contemporânea. Entre as principais realizações do coletivo estão peças com dramaturgia própria, escritas em processos colaborativos e simultâneos à criação dos espetáculos, como “PROJETO bRASIL” (2015); “Vida” (2010); “O que eu gostaria de dizer” (2008) e “Volta ao dia…” (2002).

Há ainda uma série de criações a partir da obra de autores inéditos no país, como “Krum” (2015) de Hanock Levin; “Esta Criança” (2012), de Joël Pommerat; “Isso te interessa?” (2011), a partir do texto “Bon, Saint-Cloud”, de Noëlle Renaude e “Oxigênio” (2010), de Ivan Viripaev.

A companhia realiza ainda frequentes intercâmbios com outros artistas no país e no exterior. Em 2014, estreou na França o espetáculo “Nus, ferozes e antropófagos”, em parceira com o coletivo francês Jakart.

Sobre Renata Sorrah

Renata Sorrah, nome artístico de Renata Leonardo Pereira Sochaczewski, nasceu no Rio de Janeiro, em 21 de fevereiro de 1947. Filha de um empresário alemão e de uma diplomata brasileira, chegou a cursar Letras, mas abandonou a faculdade para fazer intercâmbio nos Estados Unidos, onde acabou estudando Artes Dramáticas, mesmo sem nunca ter pensado em ser atriz.

De volta ao Brasil, aos 20 anos, começou sua carreira no teatro, no grupo do Teatro da Universidade Católica (Tuca), em “O Coronel de Macambira”, peça de Joaquim Cardoso, sob a direção de Amir Haddad. Na televisão, estreou na Tupi, em “Um Gosto Amargo de Festa” (1969), de Cláudio Cavalcanti.

Em 1970, fez o seu primeiro trabalho na Globo, na novela “Assim na Terra Como no Céu”, de Dias Gomes. Em 1988, viveu um de seus papéis mais marcantes na televisão: a Heleninha Roitman de “Vale Tudo”. Em 2004 viveu sua primeira vilã, a Nazaré Tedesco de “Senhora do Destino”, outro papel de enorme sucesso, que lhe rendeu o prêmio de Melhor Atriz da Associação Paulista de Críticos de Arte (APCA). Na TV, seu trabalho mais recente foi em “A Regra do Jogo” (2015), novela de João Emanuel Carneiro.

No teatro, Renata Sorrah tem um currículo de mais de 20 peças, entre elas “Dura Lex Sed Lex, no Cabelo só Gumex”, de Oduvaldo Vianna Filho; “Lágrimas Amargas de Petra Von Kant”, de Rainer Werner Fassbinder; e “A Gaivota” e “As Três Irmãs”, de Anton Tchekov. No cinema, estrelou o clássico “Matou a Família e Foi ao Cinema” (1969), de Júlio Bressane. Atuou também em filmes como “Madame Satã” (2002), de Karim Aïnouz; “Nina” (2004), de Heitor Dhalia; e “Árido Movie” (2005), de Lírio Ferreira.


SERVIÇO:

Espetáculo teatral “Esta Criança”, da Companhia Brasileira de Teatro, com Renata Sorrah

Data: quinta-feira (20/4)

Local: Centro de Convenções “Jornalista Nelson Camargo” (Av. dos Bancários, 3299 – Jardim Alvorada)

Horário: 20h30

Ingresso: gratuitos (devem ser retirados até dois bilhetes por pessoa, no dia 20/4, a partir das 18h30, na bilheteria do Centro de Convenções)

Realização: Secretaria de Estado da Cultura, em parceria com a Prefeitura de Votuporanga, e execução da Associação Paulista dos Amigos da Arte (APAA).

Evento gratuito | Classificação: 16 anos